Em vídeo, Papa Francisco pede aos cristãos que sejam discípulos missionários


Em outubro, mês em que se inicia o Caminho Sinodal e se celebra o Dia Mundial das Missões, o Papa Francisco mergulha no tema da evangelização da Igreja e convida todos os batizados a serem discípulos missionários. O Vídeo do Papa, que traz a intenção de oração do Pontífice para cada mês, foi divulgado nesta quinta-feira, 30.

O Santo Padre dá início à reflexão com a seguinte pergunta: “Jesus pede a todos nós, e a ti também, que sejamos discípulos missionários. Estás preparado?”

De acordo com Francisco, a missão a que todos nós batizados somos chamados centra-se, principalmente, em “estarmos disponíveis ao seu chamado e vivermos unidos ao Senhor nas coisas mais quotidianas, no trabalho, nos encontros, nas ocupações diárias, nas casualidades de cada dia, deixando-nos sempre guiar pelo Espírito Santo”.

Neste mês, o Santo Padre chama homens e mulheres a deixarem-se “mover” por Cristo e assim darem testemunho de uma vida que contagia os outros, que atrai sem forçar nem exigir. No vídeo, ele nos diz que cada testemunho de vida provoca admiração, e a admiração faz com que os outros se perguntem: “Como é possível que ele seja assim?” ou “De onde essa pessoa tira o amor com que trata a todos, a gentileza, o bom humor?”

Francisco enfatiza que a missão não é fazer proselitismo. A missão baseia-se no encontro entre as pessoas, no testemunho de homens e mulheres que dizem: “Eu conheço Jesus, gostaria que tu também O conhecesses”.

Por fim, o Pontífice convida a todos a rezarem “para que cada batizado participe na evangelização e que cada batizado esteja disponível para a missão por meio do seu testemunho de vida. E que este testemunho de vida tenha o sabor do Evangelho”.

Discernir e reconhecer a ação do Espírito Santo

O Pe. Frédéric Fornos, SJ, diretor internacional da Rede Mundial de Oração do Papa, lembra que “as intenções de oração do Papa fazem parte da oração e do discernimento do Santo Padre. Estas intenções de oração, no contexto do Caminho Sinodal iniciado pela Igreja, como Povo de Deus, são um convite a discernir e reconhecer como o Espírito do Senhor nos chama a viver os desafios da humanidade e a missão da Igreja. Não esqueçamos que o Caminho Sinodal visa à missão, a uma Igreja missionária “de portas abertas” (EG, n.46) e encontra sua fonte na oração”.