Nota de pesar pelo falecimento do Pe. Albano Ignácio Ternus, SJ

Sacerdote faleceu nesta sexta-feira (09/07), em Belém do Pará, aos 88 anos de idade

Faleceu ontem à noite (09/07), às 22h20, o Pe. Albano Ignácio Ternus, em Belém do Pará, onde estava hospitalizado há um mês. Gaúcho de Dois Irmãos, onde nasceu aos 10 de fevereiro de 1933, ele entrou na Companhia de Jesus aos 19 anos, em 28 de fevereiro de 1952, em Pareci Novo (RS).

O velório acontece na Capela Nossa Senhora de Lourdes, em Belém, das 7h30 às 12h, onde também será rezada a missa de corpo presente ao meio-dia. O sepultamento ocorrerá, às 14h, no Cemitério Recanto da Saudade.

Pe. Albano teve atuação como missionário no Mato Grosso, onde fez seu magistério em Diamantino (MT), de 1959 a 1961, e para onde retornou como presbítero em 1966. Na missão do Mato Grosso esteve em Alto Paraguai, Utiariti e Diamantino.

No ano de 1979, foi destinado para a região Amazônia, residindo em Manaus (1979-2003; 2009-2012), Marabá (2004-2008) e Belém, onde estava desde 2013. Teve rápida passagem pelo Colégio Pio Brasileiro (1989-1990), em Roma (Itália), quando estudou teologia espiritual e trabalhou como orientador espiritual dos alunos.

Esteve na coordenação regional da Comissão Pastoral da Terra, grande apoiador do movimento ribeirinho, atualmente assessor da Casa da Caridade que atendia pessoas em vulnerabilidade de rua, defensor das causas das mulheres, em especial àquelas em situação de prostituição, em Belém. Assessor do SIES Manaus, durante os primeiros anos. Teve trabalho social dentro das paróquias de periferia. Um homem que sempre esteve junto dos pobres.

Rezemos por esse nosso irmão que concluiu sua jornada, depois de combater o bom combate e guardar a fé, dedicando 69 anos de vida à Companhia de Jesus.