Papa Francisco e Bento XVI são vacinados contra a covid-19

Iniciativa faz parte da campanha de vacinação do Vaticano

Os Papas Francisco e o emérito Bento XVI receberam as primeiras doses da vacina contra o coronavírus, na campanha promovida pelo Vaticano. A notícia foi confirmada pelo diretor de imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni. No fim de semana, ao programa de tv italiano Tg5, o Pontífice em exercício se comprometeu a participar da iniciativa por se tratar de “uma ação ética, porque está em risco a sua saúde, a sua vida, e também a vida dos outros”.

A campanha de vacinação prevê a imunização dos membros da Cúria Romana,  dos funcionários do Vaticano e das pessoas atendidas pelo Fundo de Assistência Sanitária (FAS). As doses adquiridas foram desenvolvidas pela Pfizer e pelo laboratório BioNTech. 

Em meio a questionamentos em todo mundo com relação a vacinas, Francisco aproveitou a oportunidade para refletir sobre o negacionismo e o tema da fraternidade humana, além da necessidade de imunizar também os mais vulneráveis e as populações de países menos ricos. 

“Se os médicos a apresentam como algo que pode ser bom e que não tem perigos especiais, por que não tomar? Este é o desafio: fazer-me próximo ao outro, próximo à situação, próximo aos problemas, fazer-me próximo às pessoas. A cultura da indiferença destrói, porque nos afasta. Ou nos salvamos todos ou não se salva ninguém”, disse o Papa.

Fonte: Vatican News