Colégio Diocesano e Diocesano Infantil inauguram Sala Carlo Bresciani

Homenagem ao primeiro diretor jesuíta da unidade educacional tem o intuito de inspirar e servir como espaço de vivência

O Colégio Diocesano e Diocesano Infantil, em Teresina (PI), criou um novo espaço, a Sala Carlo Bresciani, SJ, em homenagem  ao primeiro diretor jesuíta da unidade educacional. O ambiente foi todo planejado com o intuito de inspirar e servir para reuniões e momentos de troca entre a equipe diretiva e o conselho interno. Segundo o diretor geral, Ir. Marcos Epifanio Barbosa Lima, o conceito principal da sala é “oferecer a todos uma vivência que coloque em discernimento, em deliberação, em comunicação afetiva e efetiva, tudo aquilo que é nossa missão, visão e valores como Colégio”.

A ideia de homenagear o Pe. Carlo Bresciani não restringe-se ao fato de ter sido o primeiro diretor geral jesuíta no Colégio, ocupando o cargo em duas oportunidades (de 1960 a 1963 e de 1969 a 1970), mas também pelo seu espírito de cordialidade, solidariedade e grande fidelidade a tudo que diz respeito à fé e a Deus. “Ao trazer sua memória e sua figura para ser o patrono deste ambiente, temos a intuição de que sua alegria, sua entrega apostólica e seu serviço missionário sejam seguidos por todos nós. O amor com que cumpriu sua missão e a leveza com que levou as problemáticas do seu tempo devem ser uma inspiração para nós”, pontua Ir. Marcos Epifanio, ressaltando que o novo ambiente materializa um sonho de governança.

Na cerimônia de inauguração do espaço, em 5 de janeiro, além do Ir. Epifanio, estiveram presentes a diretora acadêmica, professora Margareth Santos; o diretor administrativo-financeiro, Ir. Erick Viana; o coordenador da formação cristã, Roberivan Mariano; o capelão do colégio, Pe. Valdivino Teixeira; e Pe. Luigi Muraro, jesuíta que conviveu com Pe. Carlo Bresciani. 

Na ocasião, foi exibido um curta mostrando a trajetória do Pe. Bresciani. Nascido em 1912, na província de Trento (Itália), ele ingressou na Companhia de Jesus no ano de 1929. Sua ordenação foi realizada em 1943 e sua incorporação definitiva, pela profissão solene, ocorreu em 1964. Nesses 69 anos de missão, foi, entre outros cargos, reitor do Colégio Leone XIII, em Milão (Itália), além de diretor geral no São Francisco de Sales, mais conhecido como Colégio Diocesano, em Teresina (PI). Foi também Superior em várias comunidades e professor na Universidade Federal do Piauí. Em 1956, assim que chegou ao Brasil, assumiu a função de Sócio (secretário e assistente) do Provincial. Depois, foi Provincial da Vice-Província da Bahia. 

Pe. Bresciani faleceu em 20 de agosto de 2012, aos 100 anos de idade, quando morava na residência Padre Antônio Vieira, em Salvador (BA).

Confira o vídeo de inauguração do espaço e veja um pouco mais da homenagem ao jesuíta Carlo Bresciani, que deixou um legado de alegria e de leveza ao servir: https://bit.ly/3otiSYm