Indicações bibliográficas de Karl Rahner


A pedido da revista Em Companhia, padre Alfonso Carlos Palacio Larrauri selecionou algumas indicações bibliográficas fundamentais de Karl Rahner, seguindo a gênese cronológica da vida do teólogo jesuíta.

Atualmente, Pe. Palacio colabora na Formação Cristã do Colégio Santo Inácio e na Igreja Santo Inácio, ambos localizados na cidade do Rio de Janeiro (RJ).

Em seguida, as indicações:

  1. Alguns artigos publicados quando ainda era jovem estudante de Teologia mostram que a teologia de Karl Rahner tem as suas raízes na experiência espiritual. Por exemplo, o interesse sobre a doutrina dos ‘sentidos espirituais’ na Idade Média, ou sobre ‘o Coração de Jesus em Orígenes’, ou ainda sobre ‘Ascética e Mística nos Santos Padres’. Algo semelhante pode ser dito a respeito da espiritualidade inaciana como fonte de experiência e tema de reflexão.
  2. A tese para o doutorado em Teologia, defendida em Innsbruck (Áustria), em 1936, se intitula: “Do lado de Cristo”. O nascimento da Igreja como segunda Eva do lado de Cristo, segundo Adão. Uma pesquisa sobre o sentido tipológico de Jo 19,34.
  3. Em maio de 1936, depois de dois anos de trabalho, entregou a tese de doutorado em Filosofia. As duas obras maiores desse período de formação são:
  •         Espírito no mundo. Para a metafísica do conhecimento finito em Tomás de Aquino, Innsbruck/Leipzig, 1939
  •         Ouvinte da Palavra. Para a fundamentação de uma filosofia da religião. München, 1941
  1. Rahner nunca escreveu uma cristologia sistemática, embora seu pensamento seja profundamente cristológico. Mesmo assim, existem dois blocos de trabalhos que marcaram profundamente a cristologia contemporânea. O primeiro bloco é constituído por quatro artigos: 

                  a) Calcedônia: fim ou começo? (1954)

                  b) Para uma teologia da encarnação (1958)

                  c) Questões dogmáticas sobre a piedade pascal (1960)

                  d) Considerações dogmáticas sobre o ‘saber’ e a autoconsciência de Cristo (1962).

O segundo bloco são dois livros muito diferentes, mas muito importantes. O primeiro é o resultado de um curso dado em parceria com o exegeta W. Thüsing, em Münster, no semestre de inverno 1970-1971; Rahner entrava com as teses de sistemática e Thüsing, como exegeta, comentava ou reagia. Depois, esse curso foi publicado em dois volumes:

  •         Vol 1. Linhas fundamentais de uma cristologia sistemática
  •         Vol 2. Cristologia: em clave sistemática e exegética. (1972)

O segundo livro é da autoria de K. Rahner e tem como título: Curso fundamental da fé. Introdução ao conceito de cristianismo, Freiburg in Br, 1976

  1. A maior parte da obra de K. Rahner está recolhida na volumosa obra que leva o título de Escritos de teologia. Nela, está  a maior parte dos artigos de Rahner.
  2. Depois de sua morte em 1984, houve uma nova edição dos Schriften zur theologie (Escritos de teologia), que ultrapassava os 20 volumes.
  3. Outra homenagem ao grande teólogo K. Rahner, que estava sendo organizada quando eu ainda estava em curso na Faje, é a publicação de sua obra completa em 32 v., reunindo sua atividade acadêmica desde 1932 até sua morte, em 1984.