Carta de solidariedade ao Pe. Stan Swamy, jesuíta indiano comprometido com os direitos indígenas

Declaração do Observatório Nacional de Justiça Socioambiental Luciano Mendes de Almeida - OLMA

A Rede Jesuíta de Justiça Socioambiental da Província dos Jesuítas do Brasil, por meio do OLMA, vem a público declarar total solidariedade ao Padre Stan Swamy, sacerdote jesuíta indiano de 83 anos de idade, pertencente à Província Jesuíta de Jamshedpur (Índia), por tudo o que vem sofrendo de perseguições e aprisionamento por causa de sua fidelidade ao compromisso na defesa e proteção dos direitos humanos dos povos adivasis (indígenas, em nossa cultura).

Para nós, o Padre Stan Swamy é, sem sombra de dúvida, um exemplo de fidelidade radical à grande causa da defesa e proteção dos direitos indígenas nos diversos recantos do mundo. Rendemos graças a ele, particularmente por seu testemunho e estímulo profético para todas as pessoas, homens e mulheres, jesuítas e demais colaboradores que se encontram hoje em dia envolvidos nesse grande serviço evangélico pela causa da dignidade humana.

A defesa dos povos originários também é uma das áreas temáticas de atenção de nossa Rede de Justiça Socioambiental. No Brasil, aqueles que assumem a defesa dos direitos dos povos indígenas, por vezes, se tornam, igualmente, vítimas de perseguições e ameaças. Entre nós, os povos tradicionais da Amazônia e demais regiões do país, que estão reduzidos historicamente a um número muito pequeno de sobreviventes, sendo 256 povos e 160 línguas, cultivam grande consciência da importância que têm os apoios internacionais.

Nós também entendemos a importância de somar a nossa voz à voz desses povos e de todas as pessoas, homens, mulheres, jesuítas e demais pessoas, que colaboram dentro do  serviço profético nessa grande causa em defesa e proteção dos direitos e da dignidade dos povos adivasis, na Índia (correspondente aos indígenas, entre nós).

Desde o Brasil, solicitamos que o padre Stan Swamy possa viver a sua plena liberdade, em segurança e que o Primeiro Ministro, Sr. Narendra Modi, se sensibilize com as solicitações recebidas e justificativas afirmadas por inúmeros organismos nacionais e internacionais de direitos humanos, considerando as circunstâncias globais atuais face à pandemia de Covid-19, à idade e ao estado de saúde do mesmo. Igualmente da mesma forma, rendemos também graças pelo importante testemunho de vida e missão desse companheiro jesuíta.

A humanidade precisa cada vez mais de pessoas como o Padre Stan Swamy, SJ

Por OLMA assinam:

Centro Alternativo de Cultura de Belém do Pará (CAC)

Centro Burnier Fé e Justiça (CJB)

Centro Cultural de Brasília (CCB)

Centro de Estudos e Ação Social de Salvador (CEAS)

Centro de Promoção de Agentes de Transformação (CEPAT)

Centro MAGIS Amazônia

Escola Superior de Direito Dom Helder Câmara (ESDDHC)

Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (FAJE)

Fundação Fé e Alegria Brasil (FyA)

Instituto Humanitas da Universidade Católica de Pernambuco (Humanitas – UNICAP)

Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas da Universidade Católica de Pernambuco (NEABI-UNICAP)

Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (NEABI-UNISINOS)  

Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (NIMA- PUC Rio).

Observatório do Vale do Rio dos Sinos – Instituto Humanitas (Observa Sinos-UNISINOS)

Observatório Transdisciplinar das Religiões de Recife

Preferência Apostólica Amazônia (PAAM)

Serviço Amazônico de Ação, Reflexão e Educação Socioambiental (SARES)

Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados (SJMR)

Serviço Jesuíta Panamazônico (SJPAM)