Programa +Startups vai promover o desenvolvimento regional

Rede Unitec de Incubadoras Locais é direcionada a prefeituras, ACIs e polos setoriais

Com o objetivo de fomentar o desenvolvimento de startups em todo o Rio Grande do Sul, a Unidade de Inovação e Tecnologia – Unitec, incubadora do Parque Tecnológico São Leopoldo – Tecnosinos, lança hoje (8), o Programa +Startups: Rede Unitec de Incubadoras Locais. A nova modalidade de incubação híbrida é direcionada a agentes externos como, por exemplo, prefeituras, ACIs e polos setoriais, que estejam interessados em alavancar o desenvolvimento regional ou local por meio do surgimento e maturação de novas empresas de base tecnológica.  

Para a diretora de Inovação da Unisinos e CEO do Tecnosinos, Susana Kakuta, a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) ampliou a necessidade de gerar empregos locais. “O Programa +Startups é parte de um projeto maior da Unisinos, com o objetivo de inserção da economia do conhecimento no desenvolvimento do RS”, explica. Neste sentido, o programa de expansão híbrida da Unitec é também uma resposta à crise, com o objetivo de oportunizar outros municípios se inserirem na economia do conhecimento, como opção econômica ao seu desenvolvimento. “Estamos não somente levando um sistema de incubação vencedor, mas também uma proposta de governança local, fato que tornou possível a Unitec ser agraciada com prêmios nacionais e globais por sua atuação”, destaca Susana. 

O reitor da Unisinos, Pe. Marcelo Fernandes de Aquino, entende que a iniciativa de geração de startups tecnológicas junto a municípios parceiros é uma resposta concreta do ecossistema Unisinos de Ciência, Tecnologia e Inovação para a necessidade premente de acelerar o desenvolvimento do RS, especialmente no pós-pandemia. “Contribuímos espalhando nosso legado de estruturação do Tecnosinos, pois acreditamos que a inserção da economia do conhecimento resultará, progressivamente, num novo perfil de produção do PIB, trazendo a cidadania através da geração de emprego e renda de alto valor agregado”, afirma.  

A Unitec possui certificação nível 2 do Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos (Cerne) e reúne um conjunto de processos necessários para geração sistemática de empreendimentos inovadores e utiliza todos os sistemas (implantados pelos processos-chave) para uma gestão focada em resultados. Compreende acesso a mentorias, capacitações, planejamento e acompanhamento, acesso a fundos, entre outros mecanismos. 

Criado há mais de 20 anos, o Tecnosinos abriga empresas nas áreas de Tecnologia da Informação, Semicondutores, Automação e Engenharias, Comunicação e Convergência Digital, Tecnologias para a Saúde e Energias Renováveis e Tecnologias Socioambientais. A governança do Parque é compartilhada entre a Unisinos, a Prefeitura Municipal de São Leopoldo, a Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Tecnologia de São Leopoldo – ACIST-SL e o Polo de Informática de São Leopoldo. Atualmente, conta com 60 empresas consolidadas e 40 startups, gerando cerca de 7,4 mil empregos.  

Nestas novas unidades, a Unisinos também poderá disponibilizar outros serviços de educação, como por exemplo, polos de educação a distância, cursos de extensão e projetos corporativos. O lançamento pode ser acompanhado a partir das 11h, em transmissão online, pela plataforma Teams (https://bit.ly/3jbV8oO).

 

Fonte: Unisinos