Fé e Alegria investe na formação dos educadores populares

Fundação promove capacitação online para os profissionais de educação das obras sociais

A Fundação Fé e Alegria tem promovido, desde agosto deste ano, espaço para formações e capacitações gratuitas e online aos educadores que trabalham nas obras da Província dos Jesuítas do Brasil, da Companhia de Jesus. Com temas voltados à Pedagogia Inaciana e à Educação Popular, o objetivo das atividades é integrar as equipes e aprimorar a prática pedagógica, colaborando com a formação integral dos atendidos. As aulas são realizadas em parceria com o Observatório Nacional de Justiça Socioambiental Luciano Mendes de Almeida (OLMA), a Federação Internacional Fé e Alegria e a Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos).

O ciclo de capacitações virtual foi dividido em três temas: Formação para equipes das unidades de Educação, Projetos Meios de Vida e Roda de Conversa Virtual sobre Educação Popular. O primeiro tema consiste em um encontro virtual para promover um diálogo entre especialistas da área de educação da Unisinos e coordenadores dos Centros de Educação Infantil. 

O segundo tema se trata de uma formação voltada aos educadores das obras sociais e da Escola Eletrônica (ETE) sobre a plataforma virtual da Federação Internacional Fé e Alegria, uma ferramenta para aplicação de programas de formação técnica-profissional. Este treinamento visa a implementação do Projeto Meios de Vida, ação em parceria com Inditex que apoia adolescentes, jovens e adultos na inserção no mundo do trabalho, com especial atenção para a equidade de gênero.

A Roda de Conversa Virtual sobre Educação Popular, terceiro tema do ciclo de capacitações, é composta por reflexões sobre práticas e aprofundamentos teóricos sobre o movimento pedagógico que visa compreender a vivência e o potencial de cada sujeito como parte do processo educativo. A atividade conta com a participação de educadores das obras e centros sociais de todo o País. Nos próximos meses, serão realizadas mais três edições desse debate.

Além dos profissionais de Fé e Alegria de diversas localidades, as formações foram destinadas a outros colaboradores da Companhia de Jesus por meio da Associação Nóbrega de Educação e Assistência Social (ANEAS), Associação Antônio Vieira (ASAV) e Rede de Promoção da Justiça Socioambiental da Província dos Jesuítas do Brasil (RPJSA).

Fonte: Fundação Fé e Alegria