Ação Solidária mobiliza ajuda para famílias Quilombolas, Indígenas e Ciganas em Pernambuco

A ajuda humanitária do projeto prevê atividades e doações de mantimentos

A Cáritas Brasileira Regional Nordeste 2 e o Instituto Humanitas da Universidade Católica de Pernambuco (IHU/Unicap), com o apoio de diversas organizações do terceiro setor, entidades federais e universidades, lançaram no dia 17 a Campanha Ação Solidária. A iniciativa tem por objetivo mobilizar doações para 22 mil famílias quilombolas, indígenas e ciganas que se encontram em situação de vulnerabilidade social por conta da pandemia do coronavírus, em Pernambuco.

Para mobilizar e sensibilizar a sociedade, a comissão organizadora da Ação Solidária programou diversas atividades, contando com a participação de artistas locais com apresentações musicais, além de formadores de opinião promovendo debates sobre as temáticas quilombolas, indígenas e ciganas. A Ação também pretende estimular a participação de empresas, escolas e universidades com a realização dos Desafios Escolas, Empresas e Universidades Solidárias, uma gincana para arrecadar doações e premiar as instituições que tiverem mais sucesso, e oferecer os selos Escola, Empresa ou Universidade Solidária para as instituições.

Para João Elton de Jesus, do Instituto Humanitas Unicap, fala da importância da ação para mobilizar diversos setores da sociedade civil a colaborarem com a causa em prol dos povos tradicionais pernambucanos, afetados durante a pandemia de covid-19. “Trata-se de uma ação em que as diversas organizações do Estado, escolas, empresas e universidades, além de diversos parceiros, possam se unir. O objetivo é mobilizar a todos para que possamos apoiar essas populações, não somente com mantimentos, mas com diversos outros projetos em várias dimensões”, disse João Elton. 

Além de doações de cestas básicas, a ação visa desenvolver iniciativas em outros eixos de atuação como saúde, educação e renda, possibilitando uma melhor qualidade de vida e de desenvolvimento dessas populações presentes em todas as regiões do Estado.

Segundo a secretária regional da Cáritas Brasileira NE 2, Neilda Pereira, “precisamos enquanto sociedade e entidade que testemunha o Evangelho de Jesus Cristo em ações, olhar para o próximo que está além do nosso campo de visão, e em Pernambuco temos diversas realidades que desconhecemos, de pessoas que estão necessitando de nossa ajuda, como comunidades quilombolas, indígenas e ciganas. Cada gesto solidário nesta iniciativa fará a diferença nas vidas das pessoas”, declarou Neilda.

As contribuições para o projeto estão sendo feitas via depósito bancário. Para saber mais como ajudar, acesse: www.unicap.br/acaosolidaria

Fonte: Unicap