Papa Francisco alerta para o perigo dos novos vícios

Pontífice aponta as diferentes formas que esse drama assume na sociedade

No mês de abril, na série O Vídeo do Papa, o Santo Padre faz alerta sobre vícios que afetam a sociedade e pede que rezemos para que todas as pessoas sob a influência de dependências sejam bem ajudadas e acompanhadas.

O Papa Francisco chama atenção para o drama dos novos vícios, que não se referem apenas às drogas, ao álcool e ao cigarro, os mais comuns na sociedade. Hoje, a dependência assume diferentes formas: de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o consumo excessivo de internet, por meio de computadores e smartphones, está associado não apenas a grandes benefícios para usuários e sociedades, mas também a casos de uso exagerado que geralmente levam a diferentes vícios com consequências negativas para a saúde. A dependência do jogo, seja nas casas de jogos, seja virtualmente e a pornografia também fazem parte dessa classificação. Todos levam a grandes problemas pessoais, afetam as relações familiares e a saúde. Um risco que qualquer pessoa está sujeita.

 Francisco ressalta que, apoiados no Evangelho da Misericórdia, podemos “aliviar, cuidar e curar o sofrimento relacionado aos novos vícios”. Assim como já existe grande mobilização social com a criação de instituições e incentivos terapêuticos para ajuda e acompanhamento com relação à dependência a drogas e álcool, prevenção, reabilitação e projetos de reintegração são também o caminho para o combate dessas novas chagas.

O padre. Frédéric Fornos S.J., diretor internacional da Rede Mundial de Oração do Papa (inclui o MEJ – Movimento Eucarístico Jovem), disse que as comunidades cristãs podem ser um apoio real a organizações e associações competentes para ajudar as pessoas a sair de suas dependências. Elas são chamadas, através da fraternidade e do perdão, a contribuir com todos aqueles que são escravos das drogas, ou de outras formas de vício, a encontrar Jesus Cristo e experimentar que Deus salva.

Fonte: Vatican News | Rede Mundial de Oração do Papa