Padre Inácio Spohr lança 22º livro da coleção História das casas

Volume aborda a contribuição dos jesuítas para o desenvolvimento do município de Santa Cruz do Sul (RS)

O padre e escritor Inácio Spohr lançou na terça-feira, 3 de março, o 22º livro da coleção História das casas: um resgate histórico dos jesuítas no Sul do Brasil. O volume traz um relato detalhado da atuação da Companhia de Jesus na Região do Vale do Rio Pardo (RS), de 1860 a 1960. Ao tratar da colonização e dos costumes do município de Santa Cruz do Sul (RS), o cenário utilizado pelo escritor foi a Catedral São João Batista.

Para transcrever períodos importantes, o sacerdote realizou um minucioso levantamento feito por meio de diários de residências, cartas, catálogos e anuários, produzindo um relato cronológico.

“É uma viagem no tempo, passando pela vinda de imigrantes fugindo da situação de pobreza na Europa e a emancipação do município. Há momentos históricos para a comunidade, como as construções do Hospital Santa Cruz e da Catedral São João Batista, que levou mais de 50 anos para ser finalizada. É considerada o maior templo católico em estilo neogótico da América do Sul”, destaca o padre Inácio Spohr.

Na obra, o escritor destaca a contribuição dos padres e irmãos da Companhia de Jesus para o crescimento do município e da região. Entre os relatos, crônicas demonstram o apoio à população e salientam a dedicação religiosa, com a realização de missas, batizados, casamentos, catequeses e outras práticas, além do trabalho junto à comunidade – que enfrentava diversas dificuldades, como estradas de difícil acesso, escolas precárias e a falta de médicos e de hospitais.

O mais recente livro de Pe. Inácio Spohr também revela algumas curiosidades, como os sermões realizados em dois idiomas – pelo fato de a maior parte da população ser de origem germânica na época -, o atendimento aos enfermos pelos sacerdotes devido à falta de assistência hospitalar e a proibição do idioma alemão nas igrejas como reflexo das duas guerras mundiais.

Sobre a coleção

Lançada em 2014, a coleção História das casas: um resgate histórico dos jesuítas no Sul do Brasil traz um relato detalhado de memórias das obras jesuíticas na antiga Província do Brasil Meridional.

Os 22 volumes contemplam as cidades gaúchas de São Pedro da Serra, Salvador do Sul, Cerro Largo, Alto Feliz, Tupandi, Novo Hamburgo, Pareci Novo (dois volumes), São José do Hortêncio, Dois Irmãos, São Sebastião do Caí, Bom Princípio, São Leopoldo (dois volumes), Ivoti, Montenegro, Estrela, Lajeado, Nova Petrópolis, Gravataí e Santa Cruz do Sul; e Itapiranga, em Santa Catarina.

A coleção está à venda na Livraria Padre Reus. A aquisição dos exemplares também pode ser feita pelo site www.livrariareus.com.br.

Em entrevista ao informativo Em Companhia, o Pe. Inácio Spohr nos contou sobre a sua história de vida e como surgiu a ideia de resgatar memórias sobre os jesuítas no Sul do Brasil. Veja aqui o conteúdo na íntegra.