Professores do curso de Administração da FEI são premiados

Profissionais tiveram suas iniciativas e práticas de ensino e aprendizagem reconhecidas

Instituições e, principalmente, professores que levam em conta as necessidades de transformação de ambientes, formatos e métodos de ensino se diferenciam e saem na frente como agentes transformadores. Esse é o caso dos professores do departamento de Administração do Centro Universitário FEI, Hong Ching e Willian Francini, que tiveram suas iniciativas e práticas inovadoras de ensino e aprendizagem premiados no 1º Prêmio ANGRAD de Inovação em Ensino e Aprendizagem.

A iniciativa, promovida pela ANGRAD (Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração) tem por objetivo reconhecer as Instituições de Ensino Superior, coordenadores, docentes e discentes que têm inovado no processo de ensino e aprendizagem nos cursos de Administração. Concorrendo com outros 35 trabalhos do Brasil, as iniciativas dos professores da FEI ficaram entre os melhores.

As práticas inovadoras foram analisadas e avaliadas por membros do Comitê Acadêmico – formado por pesquisadores das cinco regiões brasileiras, que selecionaram os 22 melhores trabalhos. Posteriormente, esses trabalhados foram avaliados por uma Comitê Estratégico, formado por autoridades externas, que selecionaram 11 propostas.

O uso da estrutura de organização chamada Taxonomia do Bloom, apresentada pelo Prof. Dr. Hong Ching, coordenador do campus São Bernardo do Campo, foi um dos trabalhos que obteve melhor reconhecimento. A metodologia tem como objetivo melhorar o desenvolvimento das competências nos alunos, comunicando efetivamente o nível que eles estão atingindo. “Os resultados nos mostram melhora na média dos alunos. Além disso, eles se sentem mais engajados nas aulas, veem o valor das dinâmicas de aprendizagem para realçar seus níveis cognitivos e como essa metodologia ajuda a desenvolver suas competências”, explica o professor Hong.

Já a iniciativa utilizada em aula pelo Prof. Willian Francini, coordenador do curso do campus São Paulo, foi premiada como finalista. A proposta também trabalha a formação por competência, mas com foco nas metodologias ativas, que propõem viabilizar interação entre o corpo discente, por meio de atividades em equipe, colaborativas e, também individuais, como por exemplo, aprendizagem baseada em problemas, projetos, casos; aplicação de mapa conceitual, dinâmica de sistemas e negócios, e trabalho interdisciplinar e integrador. “Neste modelo, fazemos com que o aluno vá a campo desde o primeiro semestre do curso para a realização de coleta de dados, passando por estudos reais em empresas, até o último semestre, quando incentivamos os alunos a terem contato com diversos órgãos de fomento de novos negócios, como a FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) , e façam uso de metodologias aplicadas no mundo real, para o desenvolvimento de novos negócios”, destaca o professor Willian.

O Centro Universitário FEI ainda foi agraciado com outra premiação. O Prof. Edson Coutinho, também do Departamento de Administração, foi premiado com o melhor artigo da área Marketing da ENANGRAD.

 

Fonte: FEI (São Bernardo do Campo e São Paulo/SP)