Centro MAGIS Burnier está em novo endereço

Em Planaltina (DF), obra jesuíta estará mais próxima da juventude da periferia

Há um ano e meio, aproximadamente, o Programa MAGIS Brasil discerniu dar continuidade ao trabalho junto às juventudes da região Centro-Oeste do País, tendo como ponto referencial a estrutura e os colaboradores de Brasília (DF). Assim, o Centro MAGIS Burnier iniciou suas atividades na capital do Brasil assumindo uma vocação diferenciada dos outros Centros do Programa MAGIS, por ter um caráter itinerante, a fim de responder às necessidades daquela região. Sua sede localizada no Centro Cultural de Brasília (CCB), situado na SGAN 601 Bloco B, Asa Norte, foi o lugar estratégico para acolhida e ações junto aos jovens. Com o passar dos meses, porém, foi concluído o discernimento que o CCB passaria por um momento de grandes reformas e a coordenação do Programa deveria reestruturar sua presença em Brasília.

Nesse contexto, o Centro MAGIS Burnier passa a ser uma das principais prioridades do Programa MAGIS, considerando dois aspectos: a importância estratégica do Distrito Federal para a incidência do Programa na Igreja do Brasil, via CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil); e também para a incidência sociopolítica, via relação com conselhos de direitos nacionais, gabinetes de parlamentares, congresso nacional, etc. Além da reafirmação do apelo de caminhar com as juventudes do Centro-Oeste, considerando sua diversidade (jovens indígenas, moradores de periferias urbanas, jovens do campo) e necessidades.

No projeto de reestruturação, o Centro MAGIS Burnier permanece com a abrangência local, regional e nacional, tais como os demais Centros da Rede Inaciana de Jovens. E, além disso, continua sua busca em potencializar as dimensões peculiares dadas pela região onde se localiza:

  1. Seu papel estratégico na articulação do Programa com a Igreja do Brasil e com os órgãos governamentais de garantia de direitos aos jovens.
  1. Ser um Centro com forte perfil itinerante (peregrino), com atuação por meio de polos, situados onde, estratégica e apostólicamente, a ação do Programa se faz mais necessária e irradiadora.

 

O novo projeto do Centro MAGIS Burnier foi apresentado ao conselho da missão da Província dos Jesuítas do Brasil – BRA e aprovado pelo provincial, padre João Renato Eidt. Paralelamente a isso, com o discernimento concluído em relação ao Centro Cultural de Brasília, o Centro MAGIS Burnier migra para Planaltina (DF,) polo Luiz Gonzaga, assumindo a proposta a partir da linha de ação que trata das áreas periféricas e estando próximo às juventudes da periferia do Distrito Federal. O serviço aos jovens toma, portanto, um salto positivo, visto que estamos inseridos na cidade satélite e poderemos acompanhar mais de perto a realidade das juventudes empobrecidas e marginalizadas. Atuaremos também com o aval e acolhida dos párocos das sete paróquias que compõem a região de Planaltina.

O Centro MAGIS Burnier, agora situado na Rua Ipameri Quadra 66 Casa 11, Setor Tradicional, está ainda se organizando e estruturando sua equipe para melhor responder às necessidades e demandas das juventudes.

 

Fonte: Programa MAGIS Brasil/ Centro MAGIS Burnier