Jornada de Espiritualidade Inaciana para Jovens

Exercícios Espirituais e juventudes nos passos de Inácio foi o tema do encontro

 

“Para mim, a Jornada de Espiritualidade Inaciana foi um despertar, pois me fez contemplar a minha vivência como Amazônia, como o meu servir tem sido dentro dessa região. Partilhar e ouvir experiências MAGIS enriqueceu meus conhecimentos, além de acrescentar informações e formações sobre os Exercícios Espirituais”, conta Maria Clara Correa, colaboradora do Espaço MAGIS Santarém (PA).

O depoimento da jovem Maria Clara, que participou pela primeira vez de uma atividade a nível regional, nos apresenta o significado da Jornada de Espiritualidade Inaciana para Jovens – JEI, realizado entre os dias 25 e 27 de maio, na Casa MAGIS Manaus, na capital amazonense.

Com o tema Exercícios Espirituais e juventudes nos passos de Inácio, o encontro promoveu atividades voltadas aos estudos dos Exercícios Espirituais de Santo Inácio de Loyola (EE), base da espiritualidade inaciana e elemento tão rico da Igreja.

O lema Dai-nos, Senhor, conhecimento interno de Jesus Cristo, que por mim se fez homem, para que eu mais o ame e o siga, retirado da segunda semana dos EE (104), deu o tom das dinâmicas realizadas.

A programação iniciou na noite de sexta-feira (25), com o jantar seguido do momento de integração realizado pelo jovem Thalisson Bomfim, candidato à Companhia de Jesus e colaborador do Espaço MAGIS Santarém (PA).

“Partilhar e ouvir experiências MAGIS enriqueceu meus conhecimentos, além de acrescentar informações e formações sobre os Exercícios Espirituais”

Maria Clara Correa, colaboradora do Espaço MAGIS Santarém (PA)

Na manhã do segundo dia (26), o momento de oração comunitária foi preparado pelo Espaço MAGIS Santarém, que convidou os jovens a escreverem suas orações em um papel e pendurarem num varal. A JEI 2018 contou com a conferência de abertura Quem é Jesus para os Exercícios Espirituais de Santo Inácio de Loyola? que foi apresentado pelo padre Odair Durau, articulador nacional do eixo de Espiritualidade do Programa MAGIS Brasil. O jesuíta falou sobre o que Inácio recebeu da tradição e suas experiências pessoais, além do que nos propõe os Exercícios Espirituais. Durante sua apresentação, ele destacou “o que vai definir quem é Jesus, são as nossas experiências pessoais”.

Após a conferência de abertura aconteceu o Painel Inaciano referente a segunda semana dos EE, com os temas: A segunda semana dos Exercícios, apresentado pelo padre Edson Tomé, diretor do Centro MAGIS Amazônia; Contemplação Inaciana, apresentada por Ana Lúcia Farias, colaboradora da Casa MAGIS Manaus; e Jornada Inaciana que foi apresentado pelo estudante jesuíta Vitor Biral, coordenador do Centro MAGIS Amazônia. O painel foi mediado pelo jovem Victor Oeiras do Centro MAGIS Amazônia.

No período da tarde, aconteceram oficinas relacionadas à segunda semana dos EE: Regras do Discernimento; Eleição e Projeto de Vida; Juventude no Seguimento de Jesus Cristo e O Mistério da Encarnação na Amazônia.

A Noite Cultural encerrou o segundo dia do encontro e proporcionou um momento de apresentações dos Centro, das Casa e Espaços MAGIS e de uma maior integração entre os participantes, que partilharam suas experiências de vida e de caminhada com o Programa MAGIS Brasil.

Na manhã de domingo (27), terceiro e último dia de Jornada, a oração comunitária foi preparada pelo Centro MAGIS Amazônia, que refletiu a segunda semana dos EE e abordou a comparação com as duas bandeiras. Seguindo a programação, aconteceu o Papo MAGIS, momento de partilha das experiências pessoais. Participaram da atividade: Ray, membro da Equipe Itinerante, que falou de sua experiência com o tema, Mulheres e seguimento a Jesus Cristo na Amazônia; o jesuíta Carlos Miguel, que está atuando junto aos migrantes venezuelanos em Roraima e que partilhou sua vivência com o tema Migração e seguimento a Jesus Cristo na Amazônia; e Thai Gama, do coletivo Monitoramento Jovem de Políticas Públicas (MJPOP), que falou de sua vida com o tema Fé e Política no seguimento de Jesus Cristo.

Encerrando a JEI 2018, a missa convivium foi presidida pelo padre Edson Tomé e concelebrada pelos padres Silas Silva, coordenador da Casa MAGIS Manaus, Odair Durau e Ronilson Braga, que atua em Roraima com a Pastoral Universitária. Antes da benção final, o momento foi de emoção ao passar o vídeo com resumo dos três dias de jornada e, em seguida, uma linda homenagem da Casa MAGIS Manaus ao padre Tomé que deixa a diretoria do Centro MAGIS Amazônia e a Articulação do MAGIS Amazônia, “essa é a última vez que nos encontramos como diretor do centro”, finalizou o jesuíta.

Ao todo, 53 jovens participaram da Jornada, vindos de Manaus (AM), Belém (PA), Santarém (PA) e Boa Vista (RR).

 

Fonte: Programa MAGIS Brasil