Jornadas Teológicas são retomadas no Recife

Carta do Papa aos movimentos populares será o tema do primeiro encontro

Papa Francisco discursa no II Encontro Mundial dos Movimentos Populares, realizado na Bolívia, em 2015

As Jornadas Teológicas estão de volta. O movimento, que entrou para a história da Arquidiocese de Olinda e Recife no final dos anos 1990, vai ser retomado nesta segunda-feira (23 de abril), às 18h30, no auditório que leva o nome daquele que inspirou a iniciativa: Dom Helder Camara.

O evento está sendo organizado pelo Instituto Humanitas, da Unicap (Universidade Católica de Pernambuco), Cátedra Unesco/Unicap Dom Helder Câmara de Direitos Humanos, Idhec e pela Igreja Nova. “Tivemos o cuidado de entrar em contato com as entidades ligadas a Dom Helder para propor esta retomada das Jornadas. Nesta fase, vamos difundir o pensamento do Papa Francisco”, contou o coordenador da Cátedra, professor Manoel Moraes.

De acordo com ele, a Jornada discutirá os princípios da Carta de Santa Cruz de La Sierra, documento de 2015, resultado do diálogo do Papa Francisco com os movimentos populares, na Bolívia. “O Papa defende uma tese que ele chama de 3 T´s: Terra, Teto e Trabalho. Os pilares da sustentabilidade”, afirma Manoel ao explicar o teor da Carta.

Ainda segundo o professor, os parceiros do evento publicarão a íntegra da carta em seus respectivos sites. Segundo ele, a ideia é estimular as pessoas a lerem e levarem seus questionamentos para o evento do dia 23, que terá como facilitador o padre Marcelo Barros. “Vamos inverter essa lógica de painel e faremos dos participantes os protagonistas do evento”, comentou ele sobre a metodologia. “A partir dessas provocações, ele (padre Marcelo) fará sua fala”.

As próximas Jornadas Teológicas já têm data para acontecer: 28 de maio, 24 de setembro e 22 de outubro. Todos os encontros serão abertos ao público. Outras informações podem ser obtidas pelo fone (81) 2119-4146.

 

Fonte: Unicap (Recife/PE)