Jesuíta é eleito presidente da Comissão das Conferências Episcopais da Europa

Dom Jean-Claude Hollerich permanecerá no cargo por cinco anos

Dom Jean-Claude Hollerich, SJ, arcebispo de Luxemburgo, foi eleito como presidente da Comissão das Conferências Episcopais da União Europeia, em março. De acordo com os novos Estatutos, ele permanecerá no cargo por cinco anos, de 2018 a 2023, sucedendo o cardeal Reinhard Marx, que liderou a Comissão por dois mandatos de três anos cada (2012-2018).

A eleição foi realizado pelos bispos delegados das Conferências Episcopais da UE reunidos de 7 a 9 de março, em Bruxelas (Bélgica), para a sua assembleia plenária. Na mesma noite após a eleição, foi celebrada a Missa para a Europaem Notre-Dame du Sablon, que contou com o arcebispo da cidade, cardeal Joseph De Kesel. A missa marcou a passagem para o novo presidente da Comissão das Conferências Episcopais da União Europeia.

SER JESUÍTA

Dom Hollerich ingressou na Companhia de Jesus em 1981 e completou sua formação com os jesuítas da Província da Bélgica meridional e de Luxemburgo. Após o noviciado, em Namur (Bélgica), e dois anos de estágio pastoral em Luxemburgo, de 1983 a 1985, como professor no colégio francês Vauban, foi transferido para o Japão, onde realizou estudos de língua e cultura japonesa e retomou o estudo da teologia na Universidade Sophia de Tóquio, de 1985 a 1989. Terminou os estudos teológicos em Frankfurt (Alemanha). Em 21 de abril de 1990, foi ordenado sacerdote para a Companhia de Jesus. Passou muitos anos no Japão, onde ensinou desde 1994 na Universidade Sophia, em Tóquio, e de 1999 foi capelão dos estudantes da mesma universidade. Em 18 de outubro 2002 fez os votos perpétuos na Igreja Santo Inácio, em Tóquio. Além disso, desde 2008, foi reitor da comunidade jesuíta na Universidade Sophia, em Tóquio, e vice-reitor da mesma universidade para assuntos gerais e estudantes.

Em 12 de julho de 2011, o Papa Bento XVI nomeou-o arcebispo de Luxemburgo. Dom Hollerich é atualmente presidente da rede de Justiça e Paz Europa, que é composto por mais de 30 comissões nacionais e visa intervir no debate público sobre questões relacionadas com a justiça social, a construção da paz e a proteção do meio ambiente.

 

Fonte: IHU Unisinos