Um dia dedicado aos jovens aprendizes no PI

Adolescentes participaram de formação em Teresina

As instituições de ensino da RJE (Rede Jesuíta de Educação), em Teresina (PI), promoveram um dia de formação para 14 jovens e adolescentes que participam do Programa de Aprendizagem Jovem Aprendiz. Realizado no Sítio Santo Inácio, o encontro reuniu aprendizes das escolas Padre Arrupe e Santo Afonso Rodrigues (ESAR) e do Colégio Diocesano, no dia 24 de março.

A formação teve início com um momento de oração, com a assistente social da ESAR, Alessandra Marques, e prosseguiu com uma palestra e dinâmica da psicóloga e analista de RH do Colégio Diocesano, Jacymara Coelho, com o tema Postura profissional no ambiente de trabalho. A palestra tratou, entre outros tópicos para orientação profissional, da questão dos desenvolvimentos cognitivo, físico e psicossocial, objetivos da pedagogia inaciana, cumprimento das normas e o bom relacionamento interpessoal e trabalho em equipe. A dinâmica ainda proporcionou uma avaliação dos conhecimentos dos jovens em relação às instituições nas quais estão inseridos.

“Acredito que o mais importante do nosso trabalho é formamos seres humanos fundamentalmente bons, que entendam e conciliem os desafios que a vida nos propõe diariamente”

Hildelblane Alves

A formação contou com um depoimento de Luís Monteiro, auxiliar administrativo da Escola Padre Arrupe. Hoje contratado da instituição de ensino jesuíta, ele lembrou que, após finalizar o período como jovem aprendiz, foi efetivado pela Escola. “A oportunidade de trabalhar na RJE e a experiência como aprendiz fizeram a diferença na minha vida. É muito importante cada um fazer seu projeto de vida, a curto, médio e longo prazo”, disse Luís, que atualmente é universitário em dois cursos de Ensino Superior, um de Gestão de Recursos Humanos e outro de Administração.

A assistente social da Escola Padre Arrupe, Hildelblane Alves, também recordou os tempos de jovem aprendiz e destacou que, por ser comprometida e desenvolver as atividades com bom desempenho, também foi contratada. “De lá para cá, passei por diversas áreas. Hoje, faço o que gosto, pois, atualmente, sou assistente social da Escola Padre Arrupe e contribuo com o protagonismo de muitos jovens na sociedade. Acredito que o mais importante do nosso trabalho é formamos seres humanos fundamentalmente bons, que entendam e conciliem os desafios que a vida nos propõe diariamente”, salientou Hildelblane, que é formada em Pedagogia e Serviço Social.

Fonte: Assessoria de Comunicação ASAV