As áreas de atuação da Companhia de Jesus na Amazônia

Em entrevista ao Vatican News, padre Adelson Araújo fala sobre a presença jesuíta na região

Aos 53 anos, o padre jesuíta Adelson Araújo dos Santos é o único professor brasileiro da Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma (Itália). A Universidade, com 3 mil alunos de 130 países, onde o próprio padre estudou e se doutorou, é considerada uma referência mundial no ensino de Filosofia e Teologia.

Natural de Manaus (AM), o jesuíta coordenou o trabalho dos jesuítas no Norte do Brasil. Na região, a Companhia de Jesus, em comunhão com o Cimi (Conselho Indigenista Missionário) e dioceses locais, é presença na área: evangelizando, dedicando atenção aos jovens (nas cidades, no campo e na floresta), formando o clero e as lideranças leigas, atendendo comunidades de fronteira e conscientizando sobre questões socioambientais e o acolhimento de migrantes.

Entrevistado pelo Vatican News, padre Adelson descreveu as áreas de atuação da presença jesuíta na Amazônia. Na entrevista, o jesuíta fala sobre a questão indígena, o trabalho juvenil e a espiritualidade na formação de seminaristas e leigos na Amazônia. Confira:

 

Fonte: Vatican News