Exposição no Pateo do Collegio homenageia a cidade de São Paulo


Em 25 de janeiro de 1554, índios, colonos e jesuítas, entre eles padre Manoel da Nóbrega e o ainda noviço José de Anchieta, participaram da missa de fundação do Colégio de São Paulo de Piratininga. Esse momento histórico deu início à cidade de São Paulo, que está completando 464 anos. Para celebrar a data, o Pateo do Collegio e a artista plástica e escritora Nilda Luz apresentam a exposição Amar e Viver São Paulo.

A mostra conta com 30 obras da artista que retratam lugares históricos e cartões postais da capital paulista, como a Estação da Luz, o Largo de São Bento, a Avenida Paulista, dentre outros. A maior parte das obras é de pinturas em acrílica sobre telas de médias e grandes dimensões. Há ainda cinco painéis com pintura sobre tecido e dois grandes painéis com pintura sobre lona de caminhão.

Segundo os organizadores da exposição no Pateo do Collegio, em suas telas, Nilda Luz enfoca a pluralidade da cidade. “Aqui, em São Paulo, a miscigenação de etnias gera culturas variadas que se expressam perpetuadas em sua diversidade, sua arquitetura, em sua arte, em sua poesia e na rica gastronomia paulistana. Ao traçar um plano cultural arrojado a partir do espaço do Pateo do Collegio, onde nasce a cidade, a exposição reflete o dinamismo e a face cosmopolita paulistana, propiciando a seus moradores e visitantes a emotiva e verdadeira experiência de Amar e Viver São Paulo”, afirmam.

No Pateo do Collegio, além da mostra, que ficará em cartaz até agosto, estão programadas palestras, atividades e o lançamento de um catálogo com ilustrações das obras e textos da artista e escritora que ressaltam fatos históricos, culturais e paisagens que dialogam com a memória e a transformação da cidade.

 

SERVIÇO

Pateo do Collegio – Museu Anchieta

Ingressos: R$8,00 (inteira) R$4,00 (meia-entrada)

Período da exposição: de 25 de janeiro à 5 de agosto, de Terça a Domingo das 9h às 16h30

Endereço: Praça Pateo do Collegio, nº2 – São Paulo (SP)

 

Fontes: Pateo do Collegio/Cultura AM/Viva o Centro