Projeto OCA promove encontro com famílias

Cerca de 240 pessoas participaram da confraternização de final de ano

O Projeto OCA (Oficinas Culturais Anchieta) promoveu sua confraternização de final de ano com as famílias das crianças e adolescentes atendidos pela obra jesuíta. Ao todo, cerca de 240 pessoas participaram do encontro realizada no dia 16 de dezembro, em Embu das Artes (SP).

Para Valéria Castilho, coordenadora do Projeto OCA, o dia foi muito especial para todos. “As famílias puderam apreciar uma apresentação de dança e música realizada pelas crianças e adolescentes, que mostraram o resultado das atividades desenvolvidas ao longo do ano. Além disso, visitaram uma exposição que reuniu os trabalhos criados pelos jovens. O encontro foi finalizado com um saboroso almoço”, diz.

Além disso, graças a uma doação da comunidade do Pateo do Collegio, as crianças e adolescentes e suas famílias foram presenteados e saíram muito felizes. “Vivenciamos momentos agradáveis, repletos de amor, amizade, partilha, comunhão e alegria. Com a Graça de Deus, terminamos o encontro com a certeza de que realizamos um ótimo trabalho durante o ano!”, finaliza Valéria.

CONHEÇA MAIS

O Projeto OCA tem como missão auxiliar jovens em situação de vulnerabilidade social em seu desenvolvimento sociocultural, valorizando suas histórias de vida, fomentando seu preparo para o exercício pleno da cidadania, sua qualificação para o trabalho, seu espírito comunitário e solidário por meio da Cultura e da Arte.

A iniciativa nasceu no Pateo do Collegio, em São Paulo (SP), no ano de 2002, durante a reforma do Museu Anchieta. O objetivo era aproximar os jovens da cultura e da arte por meio de técnicas de artesanato e conservação de materiais, apresentando, dessa forma, a arte e suas potencialidades enquanto possibilidade de trabalho e profissionalização, sobretudo no campo da conservação e do restauro.

Em 2007, após algumas reflexões, decidiu-se que o Projeto OCA seria transferido para o Museu de Arte Sacra dos Jesuítas, em Embu das Artes (SP). Desde então, a iniciativa cresceu tanto que, em maio de 2013, o Projeto OCA mudou-se para um novo prédio e passou a atender mais de 250 adolescentes. No local, diariamente, acontecem oficinas de teatro, música, entalhe, cerâmica, inclusão digital, cidadania, dentre outras atividades.

Saiba mais: www.pateodocollegio.com.br/cultura

 

 

Fonte: Projeto OCA (Embu das Artes/SP)