Colégio Catarinense é destaque em Olimpíada de Química em SC

Alunos da instituição jesuíta, que ficou em 2º lugar, receberam premiações e menções honrosas

Após excelentes resultados obtidos nas Olimpíadas de Matemática, os professores e alunos do Colégio Catarinense comemoraram a premiação na XIII Olimpíada Catarinense de Química (OCQ 2017), realizada no último dia 6 de dezembro. A solenidade reconheceu os estudantes da rede pública e particular que se destacaram no estudo da ciência química, assim como as instituições de ensino que apresentaram maior número de pontos.

O Colégio Catarinense conquistou o 2º lugar entre as instituições com maior número de pontos. 25 alunos da instituição receberam premiações e menções honrosas. O aluno Luca Tamashiro Decker, da 3ª série do Ensino Médio, que foi premiado com a medalha de prata na Olimpíada Catarinense de Química também recebeu Menção Honrosa na Olimpíada Brasileira de Química.

Participaram desta edição, aproximadamente, 12 mil alunos de todas as regiões do estado. Entre os objetivos da Olimpíada estão o desenvolvimento do espírito científico, tecnológico e social em estudantes de Ensino Médio, a descoberta da ciência química no cotidiano para a sociedade, o incentivo entre professores e estudantes para o ensino da Química e o estímulo ao despertar de novos talentos na área.

A Olimpíada Catarinense de Química é  realizada pela Unidade Tecnológica da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNITEC/UNISUL) – através dos cursos de Engenharia Química, Química (bacharelado e licenciatura) e Gerência de Ensino, Pesquisa, Pós-graduação, Extensão e Inovação (GEPPExI) –, em parceria com o Conselho Regional de Química (CRQ 13ª Região), por meio do Projeto de Apoio ao Ensino da Química do Programa de Educação Continuada, apoiados pela Secretaria de Estado da educação de Santa Catarina (SED/SC), a OCQ 2017 é um movimento que integra o Programa Nacional de Olimpíadas de Química.

 

Fonte: Colégio Catarinense (Florianópolis/SC)