Alunos do Colégio Anchieta (RS) conquistam o primeiro lugar em Olimpíadas

Estudantes ganharam destaque nas competições de Astronomia e Astronáutica e de Linguística

Eduardo e João Pedro estão concluindo o Ensino Médio, preparando-se para o vestibular e levando na bagagem o primeiro lugar na OBA e na OBL

A despedida da vida escolar veio acompanhada de reconhecimento para dois alunos do Ensino Médio do Colégio Anchieta, de Porto Alegre (RS). Eduardo Assis e João Pedro Eboli estão terminando a 3ª Série do Ensino Médio, preparando-se para o vestibular e levando na bagagem o primeiro lugar na 20ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) e na Olimpíada Brasileira de Linguística (OBL), respectivamente.

Para chegar lá não foi fácil: foram horas de estudos, de resolução de exercícios e leituras, atividades que ultrapassaram os muros do Colégio e tornaram-se rotina na vida dos alunos. João Pedro adotou uma metodologia de estudo que incluiu muito treino para poder aprender as técnicas de resolução das situações-problema propostas na prova. E ele contou com uma ajuda especial, já que o aprofundamento na Linguística não é algo que faça parte do currículo da educação básica. “Procurei as professoras de Português para pedir indicações de livros, de artigos, e a partir disso eu fui construindo meu conhecimento. Isso mostra que elas querem levar os alunos para saber cada vez mais. Claro, o aluno tem que ir atrás também, é um esforço dos dois lados”, explica.

Os alunos com os professores do Colégio Anchieta

Eduardo conta que não foi a primeira vez que ele fez a prova da OBA e que finalizar a trajetória escolar com essa conquista é uma grande realização. “Sair do Colégio com o reconhecimento em algo que você gosta é muito gratificante, principalmente na 3ª Série do Ensino Médio, quando você está se despedindo do Colégio”, comemora. Ele também destaca o papel do Colégio nessa premiação. “Sem todo o incentivo dos professores, sem todo o conhecimento repassado por eles seria quase impossível conseguir esse mérito. Porque foi aqui no Anchieta que eu desenvolvi minhas habilidades, meu lado mais cientista, esse lado de querer descobrir novas coisas. Sem o Anchieta eu não estaria recebendo esse prêmio hoje”, afirma.

E os planos para o futuro? São muitos. Eduardo irá prestar vestibular para a UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) na área das Ciências Exatas. João Pedro também irá fazer o vestibular da Federal, mas já está tentando vagas em universidades dos Estados Unidos. “Provavelmente, eu vou seguir numa graduação na área de Linguística, Psicologia, Filosofia, alguma disciplina relacionada a essas três áreas, pois pretendo ser professor, trabalhar com pesquisa e educação”, planeja.

 

Fonte: Colégio Anchieta (Porto Alegre/RS)

Fotos: Joaquim Pedro Mello Neto/Magis Produções