Paróquia Santíssima Trindade celebra o Dia Nacional da Juventude


 

A Igreja de todo o Brasil celebrou mais uma edição do Dia Nacional da Juventude (DNJ), em 29 de outubro. Para comemorar a data, os jovens da Paróquia Santíssima Trindade, em Santa Luzia (MG), reuniram-se na Celebração da Eucaristia na comunidade de Nossa Senhora da Paz.

Com o tema “Os humildes herdarão a Terra”, o DNJ 2017 teve como proposta reunir as juventudes de todas as vertentes religiosas e sociais para a defesa da vida dos povos e da mãe terra. A temática está relacionada à defesa da vida e da terra, sendo esta a “casa comum”, como ressaltou Papa Francisco na Encíclica Laudato Si’.

Além do Programa MAGIS Brasil, ação apostólica da Província dos Jesuítas do Brasil – BRA para o trabalho com vocações e juventude, a Paróquia Santíssima Trindade reuniu diversas vertentes de trabalho com jovens na região de Belo Horizonte (MG): Ofício Divino das Juventudes e Grupo Art Jovem, Ministério Jovem, Pastoral do Acólitos, Crisma, Jovens das comunidades Nossa Senhora da Guia e Jovens da Paz.

Ao saudar os fiéis, padre Roberto Albuquerque, vigário paroquial, recordou a importância da experiência celebrada em todo o Brasil com o Dia Nacional da Juventude. Ele convidou os jovens representantes dos grupos e das comunidades para tomar lugar na celebração eucarística, lembrando que podem ser cada vez mais luz na vida de outros jovens que se escondem nas sombras de ‘assombram suas vidas’.

História

O Dia Nacional da Juventude (DNJ) surgiu em 1985, inspirado pelo Ano Internacional da Juventude, promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU). Estava evidente que a juventude precisava mobilizar-se e construir espaços de participação para pensar e repensar uma nova sociedade. Assim, a Pastoral da Juventude se comprometeu em dedicar um dia, todos os anos, para celebrar o Dia Nacional da Juventude (DNJ 2014), enxergando no decreto da ONU uma oportunidade que poderia ser oferecida aos jovens do Brasil em ter sua voz e espaço próprio nas comunidades e paróquias.

Os jovens são incentivados também a ter participação mais ativa, por meio de eventos voltados especificamente para eles, suprindo a necessidade que a Igreja apresenta em procurar abrir mais espaço para o jovem, em atitudes e gestos concretos de acolhimento e valorização, principalmente aos jovens em situação de risco, mais carentes e mais necessitados dessa acolhida fraternal por parte da Igreja.

O Dia Nacional da Juventude (DNJ), historicamente, propõe temas relevantes e atuais para trabalho nos grupos de jovens. Após o período de preparação e desenvolvimento dos temas nos grupos, normalmente, cada diocese organiza um evento com todos os grupos de jovens para celebrar o DNJ, no final do segundo semestre.

Em 2017, a opção pelo tema “Juventudes em defesa da Vida dos Povos e da Mãe Terra” e lema “Os humildes herdarão a Terra” (Salmo 37,11) nos remete ao documento Laudato Si’ (Papa Francisco) e também à Campanha da Fraternidade 2017.

Assista ao vídeo do Dia Nacional da Juventude na Paróquia Santíssima Trindade!

Fonte: Paróquia Santíssima Trindade (Santa Luzia/MG)