Em vídeo, Papa Francisco pede pelos direitos dos trabalhadores

Pontífice enfatiza que o desemprego fere a dignidade das pessoas

As consequências que a falta de trabalho gera na vida do ser humano e os direitos dos trabalhadores de todo o mundo são tema da edição de outubro do Vídeo do Papa. Na mensagem, produzida pela Rede Mundial de Oração do Papa, Francisco enfatiza que o desemprego fere a dignidade das pessoas e os valores fundamentais de sua integridade.

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), existem regiões do mundo com situações críticas de desemprego. Entre os países com as taxas mais altas se encontram, na Europa, Macedônia com 26,7%, Grécia com 23,9% e Espanha com 19,45%; na África, Gâmbia tem 29,69%, Lesoto 27,42% e Suazilândia 25,98%; e na América, República Dominicana tem 14,36%, Jamaica 13,26 e Haiti 13,19%. “Devemos recordar sempre a dignidade e os direitos dos trabalhadores, denunciar as situações nas quais se violam esses direitos, e ajudar a que contribua para um autêntico progresso do homem e da sociedade”, afirma Francisco.

“Este mês, o Papa decidiu tratar sobre o tema emprego porque estamos convencidos de que constitui um dos principais desafios para os próximos anos”, observou padre Frédéric Fornos, diretor internacional da Rede Mundial de Oração do Papa (Apostolado da Oração e Movimento Eucarístico Jovem – MEJ). “É algo sobre a qual a política e a sociedade devem trabalhar em conjunto para encontrar soluções sustentáveis e de longo prazo”, acrescentou.

As intenções de oração são confiadas mensalmente à Rede Mundial de Oração do Papa. O Vídeo do Papa é produzido pela La Machi Comunicação para Boas Causas com o apoio da Companhia de Jesus, IndigoMusic, GettyImagesLatam, Doppler Email Marketing e a colaboração do Centro Televisivo Vaticano. Tem também como parceiro de mídia Aleteia. Desde seu lançamento em janeiro de 2016, teve mais de 19 milhões de visualizações em suas redes próprias.

 

Assiste esta e outras edições do Vídeo do Papa aqui!

Fonte: Rede Mundial de Oração do Papa