Palestra sobre o ensino da Matemática no Medianeira

Professores do Colégio conversaram com o educador e autor Luiz Roberto Dante

O educador e autor de livros didáticos Luiz Roberto Dante conversou com os professores de Matemática do Colégio Medianeira, no final de agosto. A aula, que teve a participação de profissionais de diversas séries, tratou de temas como a alfabetização matemática e a contextualização e problematização do conteúdo.

Para Dante, autor das obras usadas do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, a aprendizagem eficaz da disciplina acontece quando o professor compreende o processo de ensino e também os seres humanos envolvidos. “Ensinar matemática é compartilhar um método, mas é sempre interessante fazer relações com a língua portuguesa e educar pela compreensão”, explica.

Ivana Suski Vicentin, do Serviço de Orientação Pedagógico (SOP) dos 8º e 9º anos e uma das responsáveis pelo momento, observa no encontro o caráter de sistematização do trabalho de ensino da matemática. “É muito importante proporcionar essa articulação com o autor, até para que o professor perceba a intencionalidade e as adaptações que podem ser feitas em sala” comenta.

Na visão do educador, quebrar os tabus envolvendo a matemática pode ser um importante ponto de partida para que as turmas se sintam acolhidas. “A grande dificuldade do estudante está na interpretação do problema, por isso, é preciso fazer pontes com o dia a dia”, ressalta o professor.

Formação contínua

A visita do professor Dante reforça o compromisso do Colégio Medianeira com a formação e o aperfeiçoamento continuados dos educadores. De acordo com Ivana, a conversa enriquece a preparação dos profissionais docentes, criando interfaces entre o conteúdo abordado no material de apoio e o Projeto Político-Pedagógico (PPP) da escola.

“O professor precisa se questionar: em que a disciplina e os componentes curriculares vão congregar com todos os princípios do PPP, pensando sempre na formação integral do nosso estudante?”, explica a orientadora pedagógica, que completa afirmando que o diálogo com Dante oferece mais segurança nos processos de aprendizagem. Está prevista para abril de 2018 uma segunda visita do professor ao Colégio Medianeira.

Fonte: Colégio Medianeira (Curitiba/PR)