Nossa Senhora Aparecida é tema de série documental

Especial mariano comemora os 300 anos da aparição da imagem da Santa no rio Paraíba

2017 é o Ano Nacional Mariano. Para celebrar o aniversário de aparição de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, a Canção Nova Notícias produziu a série especial Aparecida 300 anos. Nos vídeos, lançados diariamente, é possível conhecer um pouco mais sobre a história de seu surgimento, da sua coroação, o contexto do país na época em que a imagem foi encontrada e a trajetória até a Basílica que, hoje, é o maior santuário mariano do mundo, recebendo 12 milhões de fiéis por ano.

A imagem negra foi encontrada em 1717 por três pescadores que estavam com dificuldades de encontrar peixes no rio Paraíba do Sul, interior de São Paulo. Surgiu na rede, então, uma imagem quebrada. “Aqueles homens poderiam ter pego aquela imagem quebrada e jogado fora novamente. Mas, com grande fé, com grande amor, com grande cuidado, eles com certeza a enrolaram num pedaço de pano, numa camisa”, comenta o padre Eduardo Ribeiro.

Segundo Luiz Paulo Alves, historiador, acredita-se que a imagem era colorida. Porém, como ela passou muito tempo submersa nas águas barrentas e lodosas do rio Paraíba e por estar muito próxima a velas no começo da devoção, a imagem acabou perdendo sua coloração.

Por muitos anos, a imagem de Nossa Senhora ficou na casa dos pescadores. Em 1732, um oratório foi construído próximo ao Porto Itaguaçu, local onde ela foi encontrada. Apenas em 1745, a Igreja autorizou a construção de uma capela. Já a primeira igreja em sua homenagem foi construída no Morro dos Coqueiros, onde hoje é o centro da cidade de Aparecida.

A história de Nossa Senhora Aparecida é permeada de milagres. Ela é conhecida como a Santa intercessora que faz enxergar, converte os que não creem e liberta da escravidão. Conheça mais sobre sua história aqui!

Fonte: Canção Nova