37ª PROJETE movimenta a ETE FMC em outubro

Alunos contam sobre os projetos que vão apresentar durante a Feira

Entre os dias 5 e 7 de outubro, a ETE FMC (Escola Técnica de Eletrônica Francisco Moreira da Costa) promoverá a 37ª PROJETE (Feira de Projetos Tecnológicos). No intuito de responder ao cenário mundial em que produtores, pesquisadores e empresários da agricultura se unem para buscar soluções práticas para enfrentar obstáculos – como desperdícios de insumos, mudanças climáticas, escassez de água e mão de obra, a Feira de Projetos Tecnológicos da ETE FMC apresentará vários projetos para o setor, com soluções que aperfeiçoam todo o processo do cultivo, com o foco principal na sustentabilidade.

O estudante Arthur Calhau conta que, por meio de pesquisas, sua equipe percebeu que 70% da água doce do mundo é utilizada para irrigação. “Este é um dado atual da ONU (Organização das Nações Unidas). Nosso projeto – Irrigação baseada na umidade do solo – tem como principal objetivo a economia de água, de energia e a sustentabilidade”, afirma.

O projeto, desenvolvido por alunos do 2º ano, é um sistema de irrigação automático que analisa a umidade do solo, a partir de sensores instalados em determinadas áreas das plantações. Através de um aplicativo via Bluetooth, o produtor recebe as informações importantes sobre o solo. “Pelo aplicativo, o produtor poderá acionar e estabelecer o tempo de irrigação de acordo com a indicação”, explica Arthur.

“Também conversamos com um fazendeiro de pequeno porte, que gostou muito da ideia. É possível poupar tempo, economizar água e, principalmente, dar melhores condições para o desenvolvimento da plantação. É um sistema simples, porém eficiente e com grande mercado”, conta Raphael Freitas, integrante da equipe.

Outro projeto que será destaque na feira é o Controle automático para sistemas hidropônicos. A hidroponia é uma técnica de cultivo, na qual plantas são colocadas fora do solo, em recipientes com água e soluções nutritivas. “O projeto vem com um aplicativo que funciona por uma interface Bluetooth que, ao conectar-se à plantação, informa valores sobre Ph, a condutividade elétrica e monitora os reservatórios para bombear os nutrientes, quando necessário, para que a planta cresça com alto padrão de qualidade”, explica um dos integrantes do grupo, Lucas Santos.

A PROJETE também vai apresentar o Robô Pulverizador, a Estufa Agroeletrônica para uso doméstico, a Estufa para crescimento de plantas, entre outras. Ao todo, aproximadamente, são 130 projetos nas áreas de Automação, Biomédica e Telecomunicações. Serão apresentadas soluções voltadas para agrotecnologia, tecnologia assistiva, domótica, utilidades, sustentabilidade, energia, entretenimento, IoT, wearable, segurança, app e esportes.

Sobre a PROJETE

Com o objetivo de incentivar o empreendedorismo e a criação de novas empresas, a ETE FMC realiza anualmente, no mês de outubro, a PROJETE – Feira de Projetos Tecnológicos. Hoje, através da PROJETE, a ETE busca empreender a melhor forma de integração escola-empresa, em um esforço educativo de contextualização da educação profissional. Dentro dessa metodologia, vale ressaltar ainda o incentivo ao empreendedorismo, que amplia a visão do aluno e desenvolve não apenas as competências, habilidades e conhecimentos técnicos requeridos pela carreira acadêmica ou profissional. Mas ensina a pensar fora da caixa e a utilizar os recursos disponíveis para fazer sempre mais e melhor, formando homens e mulheres conscientes de seus deveres e ativos na sociedade.

 

Fonte: ETE FMC (Santa Rita do Sapucaí/MG)