Colégio Loyola promove Reflexão Pedagógica

Edição especial abordou os Pressupostos Epistemológicos da Espiritualidade Inaciana

O desafio de encontrar novos significados para a ação educativa. Foi esse o resultado da Reflexão Pedagógica especial da Semana Inaciana, que aconteceu no dia 9 de agosto, no Colégio Loyola, em Belo Horizonte (MG).

Encorajados pelo padre jesuíta Geraldo Luiz De Mori, professor doutor da Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (FAJE), docentes, coordenadores e outros profissionais da escola percorreram os Pressupostos Epistemológicos da Espiritualidade Inaciana.

O jesuíta destacou traços da pessoa de Santo Inácio, que são inspirações para a vida e missão da Companhia de Jesus. Padre Geraldo o caracterizou como aquele homem, peregrino, “místico do encontro cotidiano com Deus no coração da realidade”, que, a partir de uma experiência de comunicação direta com o Senhor e do olhar profundo da realidade, inaugura um novo tipo de vida religiosa e uma espiritualidade muito mais radical e revolucionária, baseada no discernimento e no amor-serviço.

Padre Geraldo salientou ainda que, em plena transição entre a era medieval e a era moderna, Inácio, que “não se deixa engessar e nem se contenta com o pouco”, nos convida sempre a participar da cena para “formar pessoas para os demais”. Sendo um homem inquieto, Inácio se coloca em diálogo com a ciência e funda um novo modo de viver que, tendo no centro a pessoa de Jesus Cristo, é radicado na liberdade, na eleição livre e na ação no mundo, pois vive como um enviado e místico apostólico, um contemplativo na ação. Inácio nos oferece o “sentido de estar com Deus, saboreando sua doçura”.

O encontro foi concluído com uma confraternização de aplicação dos sentidos no Passo das Artes.

 

Fonte: Colégio Loyola (Belo Horizonte/MG)