Unisinos inaugura teatro em Porto Alegre (RS)

Celebração uniu o dia de Santo Inácio e o aniversário de 48 anos da instituição

O dia 31 de julho, é uma data muito especial para a Unisinos (Universidade do Vale do Rio dos Sinos), além de celebrar Santo Inácio de Loyola, a instituição comemora sua fundação. Em 2017, esse dia tornou-se ainda mais marcante, pois a universidade jesuíta inaugurou seu mais novo teatro em Porto Alegre (RS).

A inauguração contou com a participação de diversas atrações artísticas e nomes importantes da instituição. O grupo de percussão Vida com Arte abriu a noite indicando o caminho de entrada do teatro aos convidados ao som dos instrumentos.

O padre João Geraldo Kolling iniciou os discursos da noite. “O cultivo da arte e da cultura sempre foi um importante meio para expandir a fé”, destacou o jesuíta, que aproveitou o momento para lembrar Santo Inácio de Loyola e falar da irradiação do evangelho por meio da arte.

“Que esse local seja recreio do espírito”, afirmou padre Luiz Fernando Rodrigues ao abençoar o teatro. E em seu pronunciamento, padre Marcelo Fernandes de Aquino, reitor da Unisinos, enfatizou a importância do momento: “Que harmonia maior, a gratidão de ter a presença de todos vocês neste momento e das pessoas que ajudaram a transformar esse teatro em realidade”. O reitor encerrou sua fala pontuando que a inauguração “conecta a Universidade com o humanismo jesuíta, de buscar Deus em todas as coisas”.

O espetáculo

O espetáculo de inauguração do teatro contou com a apresentação da Orquestra Unisinos Anchieta, sob a regência do maestro Evandro Matté. Vários convidados abrilhantaram a noite. Renato Borghetti e Daniel Sá, com gaita e violão; Alessandra Verney, no canto; Elias Barbosa e João Vicente, com cavaquinho e violão; e Raquel Fortes, soprano.

Além desses nomes, Hique Gomez participou de toda a apresentação do espetáculo, cantando e tocando violino. Os dançarinos de tango, Pâmella Kepler e Maurício Miranda, deram movimento à noite em uma apresentação de dança na parte externa do espaço, que revelou o teatro aberto no fundo do palco com toda a flexibilidade do local. Uma apresentação internacional deu mais beleza à noite. O violinista chinês, Yang Liu, encerrou o show de estreia do Teatro Unisinos com uma deslumbrante apresentação.

Momento de emoção

Um texto produzido pelo professor da Unisinos, José Alberto Baldissera, para a inauguração do teatro, foi lido durante o evento. Baldi, como carinhosamente era conhecido, faleceu no último dia 23 de julho, aos 74 anos. Ele era ator, participou de várias peças de teatro e ganhou duas vezes o Prêmio Açorianos. A última mensagem que deixou afirma: “A arte empolga, emociona e transforma o mundo”. O texto do professor foi aplaudido de pé pelos presentes.

Sobre o Teatro

O Teatro Unisinos é o único no Brasil que permite a flexibilidade de abrigar tanto um concerto de Orquestra Sinfônica, um seminário acadêmico/empresarial ou ser palco de um Teatro Italiano. Isso se deve ao investimento na infraestrutura e tecnologia de acústica, som e iluminação.

Além disso, o teatro também é singular pela possibilidade de abertura do fundo do palco para a área externa, dentro do Campus Unisinos Porto Alegre (RS). Nesse formato, é possível realizar apresentação ao ar livre, acolhendo cerca de mil pessoas. Já internamente, o Teatro tem capacidade para mais de 500 espectadores divididos entre plateia e mezaninos.

O teatro fica junto ao campus da Universidade, que constitui um ecossistema inovador e empreendedor, entrelaçado na missão da Unisinos. No entanto, opera de forma independente, com acesso exclusivo pelo saguão da entrada principal do campus.

Fonte: Unisinos (Porto Alegre/RS)