Primeiro dia da 2ª Assembleia da Província dos Jesuítas do Brasil


Nesta terça-feira (25), a Província dos Jesuítas do Brasil – BRA deu início a sua 2ª Assembleia. O encontro, que reúne mais de 340 jesuítas de diversas partes do país, na Casa de Retiros Vila Kostka, em Itaici (Indaiatuba/SP), será realizado até a próxima quinta-feira (27).

Na abertura da Assembleia, o provincial, padre João Renato Eidt, agradeceu a presença de todos e pediu: “que os próximos dias do encontro sejam uma oportunidade de nos conhecermos, mas também um momento de tomarmos consciência de tudo o que é feito como corpo apostólico no Brasil”.

Na parte da manhã, além do provincial, participaram da mesa de apresentação da Assembleia os jesuítas que integram o Secretariado de Articulação e Capacitação para a Missão. O padre Jonas Caprini, secretário para Juventude e Vocações, falou sobre os avanços do Programa MAGIS Brasil e sobre o Plano de Candidatos da Província BRA. O padre José Ivo Follmann, secretário para a Justiça Socioambiental, apresentou a missão desse apostolado e os trabalhos realizados nesses primeiros anos de Província única. O padre Carlos Alberto Contieri, secretário para a Colaboração, Fé e Espiritualidade, discorreu sobre a proposta da Rede Inaciana para a Colaboração, Fé e Espiritualidade (Ricofe) e da Secretaria para a Colaboração, Fé e Espiritualidade (Secofe). Além disso, o jesuíta apresentou o papel de articulação e integração do Centro de Serviço para a Colaboração, Fé e Espiritualidade, espaço recém inaugurado em Campinas (SP).

“[…] que os próximos dias do encontro sejam uma oportunidade de nos conhecermos, mas também um momento de tomarmos consciência de tudo o que é feito como corpo apostólico no Brasil”

Pe. João Renato Eidt, provincial

Ainda na mesa do encontro estavam o delegado para a Educação Básica, padre Mário Sündermann, que expôs a constituição e a estrutura atual da Rede Jesuíta de Educação (RJE); o delegado para a Formação, padre Adelson Araújo dos Santos, que, na oportunidade, lançou o documento de Formação da Província dos Jesuítas do Brasil, que irá vigorar até o final de 2018, e apresentou o padre Roberto Barros Dias, que assumirá a função de delegado a partir de setembro desse ano.

Formaram a mesa de apresentação do primeiro dia da 2ª Assembleia da BRA também o presidente do Fórum de Reitores de Instituições de Ensino Superior confiadas à Companhia de Jesus (FORIES), padre Josafá Carlos de Siqueira; o administrador provincial, padre Geraldo Kolling; o assistente eclesiástico nacional da CVX (Comunidade de Vida Cristã), padre Emmanuel da Silva e Araújo; e o diretor presidente nacional da Fundação Fé e Alegria Brasil, padre Pedro Pereira da Silva, juntamente com os secretários de articulação e capacitação para a missão e os delegados para a Educação Básica e a Formação.

CONFERÊNCIA

Entre as atividades de hoje, os jesuítas puderam ouvir o padre Claudio Paul, assistente regional para a América Latina Meridional da Companhia de Jesus, que apresentou a conferência A Realidade Social, Eclesial e Pastoral da Companhia de Jesus no Contexto da 36ª Congregação Geral. Dentro dessa temática, o jesuíta apontou a necessidade de dar mais atenção a alguns pontos, entre os quais: o diálogo ecumênico, inter-religioso e cultural; o estilo de vida mais austero e coerente com a preocupação ecológica; a incidência social (advocacy): disparidades sociais e econômicas, ecologia; e a reflexão sobre o impacto da crise econômica em nosso apostolado.

Nesta quarta-feira (26), na parte da manhã, o presidente da CPAL (Conferência dos Provinciais Jesuítas da América Latina), padre Roberto Jaramillo, apresentará o tema A Companhia de Jesus na América Latina: novo modelo de trabalho. Na parte da tarde, o arcebispo de Porto Velho (RO), dom Roque Paloschi, falará sobre A Igreja no Brasil na perspectiva da Amazônia.