Fórum de Voluntariado Jovem e Inserção Sociocultural acontece no CE

Evento possibilitou um momento formativo e de reflexão sobre as propostas do eixo

Entre os dias 15 e 17 de junho, aconteceu o Fórum de Voluntariado Jovem e Inserção Sociocultural no Centro MAGIS Inaciano da Juventude (CIJ), em Fortaleza (CE). O evento possibilitou um momento formativo e de reflexão e buscou ampliar e fortalecer a articulação entre diferentes frentes de voluntariado jovem na Companhia de Jesus no Brasil.

Participaram do encontro jovens, colaboradores do CIJ, o agente da pastoral do Colégio Antônio Vieira, Paulo Silva, responsável por articular o voluntariado na escola, e o jesuíta Edson Tomé, diretor do Centro MAGIS Amazônia.

O Fórum contou com uma roda de conversa sobre as propostas do projeto de Voluntariado Jovem na Companhia de Jesus, a partir do Programa MAGIS Brasil. Além disso, a vivência sobre inserção sociocultural, partilhas pessoais e institucionais, sobre experiências e construção coletiva de propostas metodológicas para diferentes realidades e modalidades de voluntariado, foram abordados.

“Esse encontro nos inspira e dá luz para continuarmos o trabalho e também nos provoca a perceber ainda os nossos limites […]”

Elzineide Marques, colaboradora voluntária

Segundo o diretor do CIJ, padre Agnaldo Duarte, é importante ouvir as experiências e percepção das pessoas. “Escutar as experiências de outros locais e ouvir a percepção sobre o que estamos construindo como proposta de Voluntariado Jovem é um processo enriquecedor, que encoraja e anima a caminhada e soma mais parceiros e colaboradores para essa missão”, afirma. “Esse encontro também é um marco para o Eixo Voluntariado Jovem no que diz respeito à visibilidade da novidade que é o voluntariado de seis meses, cujo projeto piloto acontecerá ao longo do segundo semestre de 2017, a partir do CIJ e do Centro MAGIS Amazônia”, explica o jesuíta.

Para a colaboradora voluntária Elzineide Marques, o fórum serve como inspiração para dar continuidade ao trabalho. “Esse encontro nos inspira e dá luz para continuarmos o trabalho e também nos provoca a perceber ainda os nossos limites, como a necessidade de avançar na articulação junto às escolas e universidades da Companhia de Jesus, que demonstram ser um espaço muito potente de disseminação da cultura do voluntariado”, conclui Elzineide.

Entre os encaminhamentos do Fórum foram destaques: agendamento de visitas às obras que têm o desejo de realizar o Voluntariado Jovem ou acolher voluntários, animar a realização de voluntariados nos Centros, Casas e Espaços MAGIS, continuar e ampliar as reflexões acerca do tema e realizar a Jornada de Voluntariado Jovem e Inserção Sociocultural em dezembro de 2017.

 

Fonte: Centro MAGIS Inaciano da Juventude- CIJ (Fortaleza/CE)