Colégio Loyola celebra os 50 anos da Tropicália

Movimento cultural influencia produções artísticas brasileiras até hoje

No dia 26 de junho, durante a semana da Cultura, Arte e Literatura & Feira do livro 2017, promovido pelo Colégio Loyola, foi aberta uma exposição que homenageia os 50 anos da Tropicália. Com uma abordagem abrangente, contextualizando origens, trajetórias e desdobramentos, a mostra é um recorte de alguns dos principais acontecimentos que perpassaram a música, as artes visuais, o teatro e o cinema da época.

Inspirada nos tropicalistas, que não seguiam padrões ou regras, a exposição foi organizada por meio de instalações sonoras e visuais dispostas de maneira fragmentada, ultrapassando a didática formal. Dividida em seis setores, a intenção é apresentar elementos que provoquem o espectador e o convidem a optar por seguir caminhos conduzidos pelas canções que marcaram o período e a leitura de textos e imagens.

Amanda Lopes, curadora da mostra e assessora de referência de artes do Colégio Loyola, explica que não existe a pretensão de esgotar o tema, mas sim de enriquecer as discussões sobre o movimento cultural que influencia as produções artísticas brasileiras até hoje.

A visitação é gratuita e pode ser feita de segunda à sexta-feira, das 8h às 9h30, das 10h30 às 12h, das 14h às 15h30 e das 16h30 às 18h.

Para entrar ainda mais no clima, foi montada no spotify a playlist Tropicália- 50 anos. Clique aqui e confira!

 

Fonte: Colégio Loyola (Belo Horizonte/MG)