Congresso Continental da Misericórdia terá sua primeira edição no Brasil

Evento será realizado em Aparecida (SP), entre os dias 22 a 25 de junho

O Brasil será o país-sede do I Congresso Continental da Misericórdia. Com o tema Sua misericórdia se estende de geração em geração, sobre aqueles que o temem, o evento acontecerá em Aparecida (SP), nos próximos dias 22 a 25 de junho.

Organizado em parceria com o Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização – dirigido por dom Rino Fisichella – o objetivo do encontro é pensar a identidade da Igreja como Igreja de Misericórdia.

Izaías de Souza Carneiro, fundador da Comunidade Coração Novo com sede no Rio de Janeiro, é o secretário-executivo do evento. Ele explica que esse evento é fruto dos Congressos Mundiais da Misericórdia, que começaram em 2008. A proposta era pensar, refletir e implementar a cultura da misericórdia a partir da pessoa de João Paulo II e de Santa Faustina.

“O Congresso da Misericórdia está bem longe de ser um Congresso apenas para divulgar a devoção à Divina Misericórdia, mas é um Congresso para pensar a identidade da Igreja como Igreja de Misericórdia”, disse.

A última edição desse evento mundial foi realizada em janeiro, nas Filipinas. Antes disso, a sede foi Bogotá, na Colômbia, quando o arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta, levou uma carta do cardeal brasileiro Raymundo Damasceno pedindo que o Brasil pudesse sediar um desses Congressos Mundiais. Na época, dom Damasceno era arcebispo de Aparecida (SP). “A resposta foi que, já que nós tínhamos os próximos Congressos Mundiais agendados e o Brasil é um país estratégico do ponto de vista cristão para todo o continente, então que o país poderia sediar o primeiro Congresso continental”, conta Izaías.

“Nós queremos disseminar, por meio do Congresso, uma cultura de misericórdia. Esta cultura da misericórdia da qual nos fala o Papa Francisco”

Izaías de Souza Carneiro, secretário-executivo do Congresso

O contexto teológico do Congresso está sendo preparado pelo padre João Carlos Almeida, o padre Joãozinho: “A linha teológica do Congresso é a Trindade.” Ou seja, “em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, com a intercessão de Maria”.

Entre os participantes do evento, estarão os cardeais Orani Tempesta, Raymundo Damasceno, Sérgio da Rocha, Odilo Scherer, assim como o padre Eduardo Dougherty e padre Zezinho, um dos conferencistas.

Segundo Izaías, o Congresso é aberto para todo o povo, porém o foco principal são os formadores de opinião. “Nós queremos disseminar, por meio do Congresso, uma cultura de misericórdia. Esta cultura da misericórdia da qual nos fala o Papa Francisco. Por ser no Brasil um ano mariano, nós escolhemos como tema do Congresso Lucas 1, 50, que é o Cântico de Maria: Sua misericórdia se estende de geração em geração, sobre aqueles que o temem”, afirma. Ele completa: “Com este tema nós conseguimos abrir de novo as portas da misericórdia e para além do Ano Santo.”

As inscrições e outras informações sobre o Congresso podem ser obtidas no site www.accom2017.org.

Fonte: Canção Nova