Jovens participam de curso em Assessoria da Juventude

A arte de se expressar foi o tema do segundo encontro promovido em Fortaleza (CE)

A arte de expressar-se: técnicas de oratória e formação de grupos foi o tema do segundo módulo do Curso de Extensão em Assessoria de Juventudes (EAJ), que iniciou suas atividades em abril, no Centro MAGIS Inaciano da Juventude (CIJ), em Fortaleza (CE). As aulas fazem parte de um total de oito encontros que aprofundarão temas variados como formação humana, base teológica do Cristianismo, análise de conjuntura da realidade juvenil. A programação foi pensada para promover uma formação continuada junto aos jovens.

Segundo o padre Agnaldo Duarte, diretor do CIJ, “a Escola de Assessoria das Juventudes tem a perspectiva de promover espaços profundos de reflexão sobre os temas que envolvem a juventude na contemporaneidade”. Para o jesuíta, fortalecer a formação das juventudes, tendo em vista a atuação de assessores jovens, é uma “postura de promoção do protagonismo juvenil e de incentivo à ideia de jovem formar jovem”.

Os participantes do EAJ são das cidades cearenses de Caucaia, Itapipoca, Tianguá, Sobral, Potiretama, Russas e Fortaleza. Além dos encontros formativos, os jovens distribuíram-se em três grupos de estudo, com o objetivo de trocar conhecimento e experiências acerca de temáticas específicas: Espiritualidade; Juventude, Corpo, Sexualidade e Gênero; e Diálogo Inter-religioso.

Nesse módulo, os jovens contaram com a assessoria dos professores Charleston Palmeira, fonoaudiólogo, mestre em Psicologia, e Hermany Rosa Vieira, doutorando em Educação e teólogo, além de pastor da Igreja Presbiteriana Independente. Para David Santos, aluno de Caucaia (CE), o “interessante foi o confronto em que fomos colocados com alguns vícios de linguagem e de expressões que temos e, devido ao nervosismo, acabamos utilizando espontaneamente, mas que podem ser corrigidos com técnicas simples, evitando o comprometimento das informações durante o momento de comunicação”. Segundo o jovem, participar do EAJ tem sido muito construtivo. “Essa experiência me ajuda a ser ferramenta na luta por uma sociedade mais justa e igualitária”, afirmou.

A etapa formativa será concluída em dezembro de 2017, com a realização de um tríduo de Exercícios Espirituais Inaciano. Após essa etapa, os assessores jovens se disponibilizarão por até dois anos para assessorar grupos e atividades de juventudes no Ceará e no Piauí.

 

Fonte: Centro MAGIS Inaciano da Juventude – CIJ (Fortaleza/CE)