CIJ e Anchietanum dão passos para a realização de seus planejamentos

Ampliar a visão sobre o contexto em que as obras se inserem é um dos objetivos dos encontros

Nos dias 3 e 4 de abril, representantes do Centro MAGIS Inaciano de Juventude (CIJ) e do Centro MAGIS Anchietanum se encontraram para avançar na realização de seus planejamentos de trabalho. O processo é uma recomendação do Programa MAGIS Brasil que, com o Eixo Metodologia e Pedagogia do Programa –atualmente sob responsabilidade do Anchietanum-, busca cada vez mais uma ação orgânica, regular, consistente e organizada com jovens de todo o país, a partir dos Centros, Casas e Espaços MAGIS.

No encontro, realizado em Fortaleza (CE), os representantes do Anchietanum, Davi Caixeta e Vanessa Correia, conheceram os passos já dados pelo CIJ e apresentaram seu Instrumento de Planejamento. A visita teve como intuito a construção coletiva do método e das etapas. Em maio, será a vez de representantes do CIJ visitarem a equipe do Anchietanum, em São Paulo (SP), para acompanhar o seu processo de planejamento.

O planejamento é um instrumento fundamental para ampliar a visão do contexto em que a obra jesuíta está inserida. O Eixo Metodologia propõe que ele seja pautado sempre no olhar externo, ou seja, na percepção de outro Centro ou Casa de juventude, na tentativa de superar os pontos cegos que existem quando se olha para o próprio trabalho e realidade.

Fonte: Programa MAGIS Brasil