Pe. Geraldo Lacerdine explica o que é Humanística

Em artigo, jesuíta fala sobre o trabalho de formação no Col. São Luís

HUMANÍSTICA

Formação Humana e Cristã

 O que é Humanística? Como funciona?

 A partir dos parâmetros fundamentais da proposta educativa da Companhia de Jesus, a Humanística responde ao desejo de atualização da tradição e excelência na formação de nossos alunos e alunas. Originalmente, ela nasce de um processo de reestruturação da antiga Formação Cristã do Colégio São Luís para reformular suas metas e seus modos de proceder. Nasce também da necessidade de ampliar o horizonte de ensino-aprendizagem das atividades realizadas pela escola, inserindo-as em um contexto global e contemporâneo.

Conectado ao Projeto Educativo Comum (PEC), a Humanística – Formação Humana e Cristã resulta do esforço colaborativo realizado por um grupo de trabalho orientado pelo Pe. Geraldo Lacerdine, SJ. Ao longo de, aproximadamente, seis meses, este grupo de educadores foi retomando aspectos significativos do projeto pedagógico empreendido pela escola em diversas gerações. O resultado desta atividade analítica e reflexiva foi uma estrutura organizada em quatro dimensões inter-relacionadas: socioemocional, socioambiental, espiritual-religiosa e cultural.

 Do ponto de vista organizacional, a Humanística é entendida como uma nova área integrada às áreas Acadêmica e Administrativa da escola por meio de suas respectivas direções. Estrutura-se em coordenações correspondentes às quatro dimensões e atua através de uma metodologia que busca a transversalidade no currículo ordinário e a proposição de projetos potencializadores extraclasse.

No que se refere à mística da instituição, sua melhor definição seria a manifestação do espírito cristão aplicado à escola em cada atividade realizada. Trata-se da chama que mantém acesa a crença no trabalho de educação em valores do Colégio São Luís.

As ações do primeiro ano de atuação (2016) estiveram centradas no tema da escuta. O objetivo principal foi acolher e compreender os desejos de nossos alunos, alunas, colaboradores e colaboradoras na renovação de nossa escola. Para atender esta demanda, alguns procedimentos e fluxos de trabalho foram propostos, sempre em caráter experimental. Tanto no caso dos docentes como dos discentes, as ideias apresentadas foram encorajadas a virar propostas para serem validadas pelos pares. Posteriormente, incentivamos a elaboração colaborativa de pequenos projetos. Desta maneira, se deram as principais iniciativas de alunos e professores.

“[…] a Humanística reitera o compromisso com o caráter experimental e processual da experiência educativa. “

Pe. Geraldo Lacerdine

Algumas atividades que podemos destacar em cada dimensão neste primeiro ano são:

Dimensão Espiritual-Religiosa:

  •  Semana Inaciana (atividades para todas as séries).
  •  Catequese de Crisma e Primeira Eucaristia.
  •  Missão Urbana (Imersão total em voluntariado nas férias).
  •  Semana Santa Jovem (Experiência pascal para alunos do Ensino Médio Diurno e Noturno).
  •  Celebrações litúrgicas com alunos (todas as séries).
  •  Celebrações com as famílias
  •  Experiência de oração inaciana para pais, mães, professores e funcionários (quatro horários uma vez por semana).
  •  Sexta de Espiritualidade para alunos infantil e Fundamental I.
  •  Projeto de Valores (infantil, Fundamental I e II).

 

Dimensão Socioemocional:

  • Laboratórios de Estudantes (Reestruturação dos antigos dias e noites de formação em uma modalidade de aprofundamento socioemocional).
  • Laboratório de Funcionários (Acolhida e desenvolvimento dos valores e da missão para colaboradores).
  • Família na Escola (Sábado de atividades para famílias).
  • Palestras com Especialistas (Drogas, sexualidade, etc.).

 

Dimensão Socioambiental:

  • Encontro de Lideranças Estudantis (Formação e Intercâmbio Ensino Médio Diurno e Noturno).
  • Laboratório de Professores (Propostas de Reflexão e Integração com a direção acadêmica).
  • Coletivo Feminista (Formação e Orientação).
  • Palestras com Especialistas.
  • Formação política.
  • Formação socioambiental.

 

Dimensão Cultural:  

  • Semana do Conhecimento (Mostra cultural das produções dos diversos segmentos da escola).
  • Palestras com Artistas.
  • Cine Humanística (Exibição e debate de filmes).
  • Intervalo Musical (Apresentação musical de alunos).
  • Bate papo Humanístico com famílias.

 

O ano de 2016 também foi exemplar na busca de integração com a direção acadêmica. Ao longo do ano, inúmeras estratégias foram testadas para possibilitar a união de esforços e concepções na melhoria da educação de nossos alunos e alunas. Este processo culminou na elaboração conjunta do Planejamento de 2017, orientado pela coleta de dados obtidos nas atividades de escuta realizadas com estudantes e colaboradores. Neste planejamento estão previstos os projetos cujos temas garantem a presença de temas transversais no currículo escolar. Esta integração prevê um ano de maior intersecção entre as dimensões da humanística e o cotidiano da sala de aula.

Em 2017, o desafio é centrar os esforços em um ano do cuidado, propagando uma cultura de paz e respeito no ambiente escolar. Finalmente, é importante ressaltar que muitas alterações ainda serão necessárias e bem-vindas para o melhor desenvolvimento do projeto. Diante das constantes mudanças da sociedade contemporânea, a Humanística reitera o compromisso com o caráter experimental e processual da experiência educativa. Como proposto pelo PEC, todos os esforços deste projeto estão direcionados para que nossa escola seja um espaço de formação integral.

 

Pe. Geraldo Lacerdine, SJ

Diretor de Humanística do Col. São Luís