Província Portuguesa publica nota sobre Pe. Ferreira

Jesuíta português é retratado no filme Silence

Liam Neeson interpreta o padre Cristóvão Ferreira em Silence

A Província Portuguesa da Companhia de Jesus divulgou uma nota histórica sobre Cristóvão Ferreira, jesuíta português retratado no filme Silence, do diretor Martin Scorsese – com estreia prevista para 26 de janeiro, no Brasil. O intuito é que as pessoas possam conhecer aspectos históricos que as ajudarão a compreender melhor a narrativa do longa-metragem (Clique aqui e conheça a história do jesuíta).

O filme, que conta a história dos jesuítas portugueses perseguidos no Japão do século XVII, foi apresentado com exclusividade à 400 jesuítas, em Roma (Itália), em novembro de 2016. O padre Hermínio Rico, da Província Portuguesa, foi um dos presentes. Em entrevista a publicação portuguesa Jornal de Notícias, ele falou sobre o longa-metragem. “Em termos cinematográficos é um belíssimo filme, como seria de esperar de um realizador como Martin Scorsese. É muito fiel ao livro que o inspirou. Portanto, por um lado, é um filme interessante, mas, por outro, não é um filme fácil, é duro, quer pelas questões que levanta quer pelo drama que nos conta”, revelou.

Segundo ele, é uma obra pesada, pois não tem herói e nem acaba bem. “É um filme longo – tem mais de três horas de duração –, mas quem conhece a história e está por dentro do contexto, sem dúvida o apreciará muitíssimo”, acrescentou. Para Rico, quem tiver lido o livro de Shusaku Endo estará seguramente em melhor condição de apreender a nova obra de Scorsese. O filme é baseado na obra homônima do japonês, publicada em 1966.

Silence é protagonizado por Andrew Garfield, no papel do padre Sebastião Rodrigues, Adam Driver, como padre Francisco Garrpe, e Liam Neeson, que interpreta o padre Ferreira (mentor dos jesuítas portugueses). Assista ao trailer:

 

Fonte: Província Portuguesa da Companhia de Jesus/Jornal de Notícias

Foto: Divulgação