CEPAT inaugura nova sede em Curitiba (PR)

Centro Jesuíta de Cidadania e Ação Social ficará dentro do Col. Medianeira

O Centro Jesuíta de Cidadania e Ação Social (CJCIAS), popularmente conhecido como CEPAT, ganhou uma nova sede. Agora, a instituição está localizada dentro do Colégio Medianeira, em Curitiba (PR). A cerimônia de inauguração do novo espaço aconteceu no dia 30 de novembro.

Na ocasião, representantes de movimentos sociais e entidades de apoio e assessoria marcaram presença. Entre eles, a Associação Cultural de Negritude e Ação Popular (ACNAP), o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná (APP Sindicato), a Cáritas Regional Paraná, as Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) e a Pastoral Afro da Arquidiocese de Curitiba, dentre outros. “Foi uma noite muito especial, que resgatou momentos importantes da história do CEPAT e, ao mesmo tempo, o lançou para os novos desafios a serem enfrentados, a partir da missão que lhe é confiada na nova dinâmica da Província dos Jesuítas do Brasil – BRA”, afirma Jonas Jorge da Silva, coordenador geral da instituição.

Após a mística de abertura, os 26 anos de história do CEPAT foi relembrada pelos presentes. A trajetória da instituição foi apresentada pela mesa composta por Ana Inês Souza, coordenadora executiva do CEFURIA (Centro de Formação Urbano Rural Irmã Araújo), representando todos os movimentos e entidades ali presentes, Pe. Carlos Jahn, diretor geral do Colégio Medianeira, Luiz Felipe Lacerda, secretário executivo do Observatório Nacional de Justiça Socioambiental Luciano Mendes de Almeida (OLMA), Pe. Vicente Palotti Zorzo, superior da Plataforma Apostólica Sul 1 (estrutura que constitui a Província dos Jesuítas do Brasil –BRA), e Jonas Jorge da Silva, coordenador do CEPAT.

“Esta inauguração foi um momento de extrema alegria, de renovação de esperanças e reafirmação do compromisso de todos com o CEPAT, que desenvolve importantes projetos como Democracia e Participação Popular, Negritude, Branquitude e Novos Olhares, Apoio a Rede de Povos e Comunidades Tradicionais, Formação para Trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), dentre outros”, confessa Luiz Felipe Lacerda, secretário executivo do OLMA.

Clique aqui e conheça um pouco mais sobre a história do CEPAT.

 

Fontes:

Observatório Nacional de Justiça Socioambiental Luciano Mendes de Almeida –OLMA (Brasília/DF)

Boletim CEPAT Notícias (Nº 53/ Novembro 2016)