Aluno do Colégio São Luís vence concurso artístico da USP

Giordano Gadelha produziu um curta sobre DNA e herança biológica

Da esq. p/ dir., a professora de Biologia do Col. São Luís, Vânia Macarrão, a geneticista, Mayana Zatz, e o estudante, Giordano Gadelha, na cerimônia de premiação do concurso

Em 2016, Giordano Gadelha, aluno da 1ª série do Ensino Médio do Colégio São Luís, desenvolveu duas novas paixões: fazer vídeos de animação e estudar Genética. Isso porque o jovem participou do concurso artístico DNA e herança biológica, promovido pela USP (Universidade de São Paulo), por meio do Centro de Pesquisa sobre o Genoma Humana e Células-Tronco, no começo do ano. Após meses de espera, o resultado saiu e Giordano foi o vencedor!

O concurso, voltado a estudantes da rede pública ou particular, deixou livre a forma de expressão artística a ser utilizada e Giordano escolheu a animação em vídeo. “Divulguei o concurso para todo o Ensino Médio, embora o conteúdo sobre DNA seja aprendido mais profundamente a partir do segundo semestre da 1ª série e os conteúdos sobre genética somente na 3ª série do Ensino Médio”, conta a professora Vânia Macarrão. “Então, quando o Giordano disse que participaria, passei alguns links e referências de textos para que ele estudasse o assunto”.

Depois de algumas dúvidas solucionadas pela internet ou em conversas rápidas no corredor, o aluno trouxe o roteiro para dividir com a professora. “O primeiro desenho tem a data do dia 15 de março”, conta Giordano. Juntos, eles simplificaram a ideia, avaliaram se os conceitos técnicos estavam corretos (considerando o rigor científico compatível à idade) e Giordano levou para casa a missão de desenhar e produzir o filme.

Alguns meses e 1055 desenhos depois, a animação ficou pronta. Como era julho, mês de férias, Giordano submeteu sua obra ao concurso sem a supervisão de Vânia. E sabe o que ela achou do resultado? “Tão bom que mostrei o vídeo em aula a todos os alunos”, contou a professora. “Independentemente do resultado do concurso, já estava realizada por ter um aluno com tanto prazer em buscar o conhecimento”, confessa a professora.

Giordano, por sua vez, encontrou uma área nova que considera como possibilidade para o futuro profissional – a Genética – e com a vitória no concurso terá a oportunidade de fazer um breve estágio no Instituto Genoma para conhecer melhor a área.

Assista a produção de Giordano:

Fonte: Colégio São Luís (São Paulo/SP)