Simpósio Internacional da FAJE atrai grande público

Evento trouxe novas abordagens sobre o diálogo entre Filosofia e Teologia

01-11-2016-faje-simposio-4-1

Da esq. p/ dir., Mário de França Miranda e Delmar Cardoso

Cerca de 400 pessoas, entre estudantes, professores e pesquisadores, lotaram as salas e auditórios da FAJE (Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia), durante o XII Simpósio Internacional promovido pela instituição em Belo Horizonte (MG), entre os dias 5 e 7 de outubro, com o tema Filosofia e Teologia: Relações e tensões. O evento reuniu palestrantes de várias partes do Brasil e do mundo, configurando-se em um rico momento de reflexões e debates entre os interessados no diálogo entre as duas disciplinas.

Segundo o reitor da FAJE, padre Álvaro Pimentel, o sucesso do simpósio se deu graças à riqueza da programação e aos nomes de destaque no cenário nacional e internacional, que apresentaram novas e diversas abordagens sobre o tema. O reitor destaca, entre eles, teologia e filosofia transcendentais, fenomenologia e sua virada teológica, filosofia sistemático-estrutural, teologia intercultural, teologia da libertação, mística e suas relações com filosofia e teologia, o pensamento filosófico de inspiração cristã e a teologia fundamental. “Sem contar as dezenas de autores importantes evocados ou estudados nas várias conferências”, completa o jesuíta, que informa que até o final do ano, os Anais estarão publicados on-line. “O XII Simpósio oferecerá à bibliografia filosófico-teológica uma publicação de referência para quem quiser compreender o problema e aprofundá-lo hoje”, explica o reitor.

“O XII Simpósio oferecerá à bibliografia filosófico-teológica uma publicação de referência para quem quiser compreender o problema e aprofundá-lo hoje”

Padre Álvaro Pimentel, reitor da FAJE

Na visão de padre Álvaro Pimentel, o Simpósio trouxe a confirmação de uma relação-tensão que tem atravessado milênios. Por um lado, a Filosofia aberta à transcendência e, por outro, a Teologia voltada ao Mistério Revelado e atenta às questões humanas. “Esta se constitui a forma mais fecunda, embora não exclusiva, de pensar a relação entre o Homem e Deus”, explica o reitor da FAJE.

O estudante de Mestrado em Filosofia na FAJE, José Carlos Carvalho de Santana, que participou do Simpósio, ressalta a excelente organização do evento, que reuniu o maior público desde a sua criação, em 2005. Além da infraestrutura, José Carlos destaca a relevância do conteúdo das palestras, seminários e comunicações: “Foram apresentadas propostas consistentes, nada de teorias vazias, mas ideias novas sobre a relação entre Filosofia e Teologia”. O estudante destaca também a participação do professor Lorenz Puntel, da Universidade de Munique: “Ele trouxe uma abordagem nova sobre o diálogo entre as duas disciplinas, o que foi um privilégio para nós, que pudemos estar com ele durante o evento”.

Além de Puntel, participaram como palestrantes os professores e padres jesuítas Álvaro Pimentel, Eugênio Rivas, Geraldo de Mori, João MacDowell, Luiz Carlos Sureki e Nilo Ribeiro, da FAJE (BH); o padre jesuíta Mário de França Miranda e Lúcia Pedrosa de Pádua, da PUC-RJ (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro); João Manuel Duque, da Universidade Católica Portuguesa; Pablo Mella, do Instituto Superior Pedro Francisco Bonó, da República Dominicana; Fernando Rey Puente, da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e Francisco de Aquino Paulino, da Universidade Católica de Fortaleza.

Fonte: FAJE (Belo Horizonte/MG)