FEI firma convênio com FIESP em São Paulo

Parceria entre instituições aproxima ensino superior de micro e pequenos empresários

31-10-2016-fei-noticias-3

O Prof. Fábio do Prado (à esq.), reitor da FEI, e Paulo Skaf, da FIESP, assinam convênio

Dados do Ministério da Educação mostram que o Brasil teve um aumento de 80% no número dos concluintes do ensino superior, formando, no último ano, 9,2 milhões de graduados em instituições públicas e privadas de todo o país. Uma das grandes preocupações dos estudantes é a inserção no mercado de trabalho, depois do término do curso. Por isso, ter um ensino alinhado com as demandas e novidades do mercado é importante.

O objetivo da parceria é melhorar o desempenho, a capacitação e a gestão do segmento das micro, pequenas e médias indústrias e, consequente, oferecer aos alunos o contato com esse segmento.

Pensando nisso, o Centro Universitário FEI e outras 19 instituições de ensino passaram a integrar o convênio de parcerias do Programa de Interação Universidades e Institutos, do Departamento de Micro, Pequena e Média Indústria (Dempi) da FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), com o objetivo de melhorar o desempenho, a capacitação e a gestão do segmento das micro, pequenas e médias indústrias e, consequente, oferecer aos alunos o contato com esse segmento.

O convênio foi assinado durante o III Seminário de Micro e Pequenas Empresas – Construindo Parcerias Colaborativas, realizado em 24 de outubro. O evento também debateu ao longo do dia, por meio de painéis e mesas redondas com representantes de indústrias e instituições de ensino, o futuro do setor industrial e suas inovações.

“Segundo dados do SEBRAE, no Brasil temos cerca de 6,5 milhões de estabelecimentos, e desse total, 99% são micro e pequenas empresas (MPEs). As MPEs respondem por metade dos empregos com carteira assinada no setor privado, com mais de 25% de participação no PIB brasileiro. Assim, esta iniciativa aproxima a FEI de um importante segmento do mercado brasileiro”, explica o Prof. Vagner Barbeta, diretor do Instituto de Pesquisa e Estudos Industriais (IPEI) da FEI. “Estamos buscando desenvolver modelos para poder atuar com as micro e pequenas empresas, uma real integração Universidade-Empresa, pois a capacitação e o desenvolvimento de inovações são cada vez mais importantes para a competitividade do Brasil”, explicar o professor.

Além da presença do reitor, Prof. Dr. Fabio do Prado e também do Prof. Vagner Barbeta, a FEI também participou do evento com a palestra do professor Rodrigo Filev, do Departamento de Ciência da Computação, que falou sobre uma importante tendência para o futuro: Internet das Coisas.

 

Fonte: Centro Universitário FEI (São Bernardo do Campo e São Paulo/SP)