Documentário sobre padre Malagrida é digitalizado


19-10-2016-malagrida-documentario-3

Personagem importante para a Companhia de Jesus no Brasil, o padre Gabriel Malagrida foi um missionário popular muito conhecido nos sertões do país, no século XVIII. Preso em 1759, após os jesuítas serem expulsos de Portugal e de suas colônias, foi perseguido pelo Marquês de Pombal. Anos depois, em 1761, foi julgado e condenado à fogueira pela Inquisição em Lisboa, Portugal.

Agora, o documentário Malagrida (2001), que conta a trajetória do jesuíta, está disponível na internet. A ideia de digitalizar o material foi do padre Luís Corrêa Lima, professor do Departamento de Teologia da PUC-Rio. Segundo o ele, o objetivo foi facilitar o acesso a história de vida de Malagrida. “Hoje, poucos conhecem esse importante jesuíta, porém, com acesso a esse material, muitos terão prazer em conhecê-lo”, afirma.

O padre Ilario Govoni, pesquisador da história da Companhia de Jesus e de Malagrida, entre outros marcos, afirma que o jesuíta foi o primeiro a visualizar a necessidade de um lugar para recolhimento e formação de mulheres para a vida religiosa no Brasil. “Malagrida imaginou a fundação de um colégio, um recolhimento, para acolher as moças que eram rejeitadas pela família ou que tinham o sonho de tornar-se freira. Foi a primeira instituição nesses moldes na Bahia e está de pé ainda hoje! São as Ursulinas do Campo Grande”, conta.

Clique nos links abaixo e assista ao documentário sobre o padre Gabriel Malagrida. O longa está divido em três partes:

1ª Parte

2ª Parte

3ª Parte

 

FICHA TÉCNICA

FENZL, Andrea; BARBIERI, Renato. Malagrida. [documentário-vídeo]. Produção de Andrea Fenzl, direção de Renato Barbieri. São Paulo, Videografia Criação, 2001. 1 DVD/NSTC, 73 min. color. som.

 

Crédito da imagem: Biblioteca Nacional de Portugal