Colégio dos Jesuítas celebra 60 anos com Tríduo Inaciano e Missa Solene

Comunidade educativa da instituição participou dos quatros dias de celebração

12.08.2016-colegio-dos-jesuitas-60-anos-3

Da esq. p/ dir., os padres José Luis Fuentes (antigo reitor), Sérgio Eduardo Mariucci (diretor-geral da instituição), Nelson Lopes da Silva (antigo reitor) e Gerardo Cabada Castro (orientador Espiritual do Colégio)

Em 2016, o Colégio dos Jesuítas completa 60 anos de atuação em Juiz de Fora (MG). Para celebrar esse importante momento, a instituição organizou um Tríduo Inaciano, realizado entre os dias 3 e 5 de agosto, na Capela Santo Inácio, e uma Missa Solene, que foi presidida pelo arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, dom Gil Antônio Moreira, no dia 6 de agosto.

As celebrações contaram com as presenças do diretor-geral da instituição, padre Sérgio Eduardo Mariucci; do delegado para a Educação Básica da Província dos Jesuítas do Brasil (BRA), padre Mário Sündermann; de três antigos reitores do Colégio dos Jesuítas: padres José Luis Fuentes, Nilson Maróstica e Nelson Lopes da Silva; e de jesuítas que atuam em Juiz de Fora: padres Gerardo Cabada Castro e Cyril Suresh e os irmãos Germán González Hernández e Tranquilo Fiametti.

O Tríduo evidenciou os temas Sustentabilidade, Identidade Inaciana e Educação Integral. Já a Missa Solene foi dedicada à Imaculada Conceição, padroeira do Colégio dos Jesuítas. Na homília, padre Sérgio Mariucci partilhou com a comunidade a mensagem enviada pelo provincial dos Jesuítas do Brasil, padre João Renato Eidt, que destacou a importância da missão para o trabalho apostólico da Companhia de Jesus, em Juiz de Fora.

“A Companhia de Jesus, desde 1956, pôde participar da história dessa hospitaleira cidade, tendo aqui uma obra apostólica onde os jesuítas podem colaborar com a Arquidiocese e constituir uma comunidade educativa sensível às necessidades e desafios da sociedade […]”

Mensagem do padre João Renato Eidt, provincial dos Jesuítas do Brasil

“A Companhia de Jesus, desde 1956, pôde participar da história dessa hospitaleira cidade, tendo aqui uma obra apostólica onde os jesuítas podem colaborar com a Arquidiocese e constituir uma comunidade educativa sensível às necessidades e aos desafios da sociedade, especialmente no trabalho com a juventude. Não queremos seguir fazendo mais do mesmo, nem sermos colégios tradicionais, antigos, voltados para expectativas e padrões do passado. As novas gerações nos trazem desafios que precisam ser encarados com o perfeito equilíbrio entre o que temos de melhor, da nossa tradição secular, com o que podemos fazer de melhor com a inventividade e criatividade dos nossos professores e alunos”, declarou o provincial na mensagem.

Nos quatro dias de celebração, a participação de alunos, seus familiares e educadores foi muito significativa e os momentos de ofertório emocionaram a todos. Muitos dons e talentos artísticos também foram compartilhados pelos estudantes do Coral do Colégio dos Jesuítas, que cantaram e tocaram no Tríduo e na Missa bem como por alunos do Ensino Médio que prepararam uma coreografia especial em homenagem à Virgem Imaculada, apresentando-a nos Ritos finais da Missa Solene.

O Colégio dos Jesuítas também teve a alegria de receber os profissionais da Web TV A Voz Católica, da Arquidiocese de Juiz de Fora, que registraram imagens da Missa Solene e produziram um vídeo sobre a Celebração do Jubileu de Diamante do Colégio dos Jesuítas. Assista:

 

Fonte: Colégio dos Jesuítas, de Juiz de Fora (MG)