‘Lucas, o evangelho da graça e da misericórdia’ é o novo livro do padre Konings


22.07.2016-livro-padre-konigns-2-1

Segundo o jesuíta, a obra tem o objetivo de facilitar a percepção de como Lucas vê a história que ele conta de Jesus

A obra de Lucas é uma escola de fé”, afirma padre Johan M. Herman Jozef Konings, professor no departamento de Teologia da FAJE (Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia) e um dos autores do livro Lucas, o evangelho da graça e da misericórdia. Lançada recentemente, a obra busca fazer a ligação com o Ano Santo da Misericórdia, promulgado pelo papa Francisco para 2016.

O livro, que é uma reedição da obra Bíblia passo a passo, publicada pela Edições Loyola na década de 1990, é resultado da parceria entre o jesuíta e o frei Isidoro Mazzarolo. “Já naquela primeira edição, que levava só o nome do frei Mazzarolo, eu tinha colaborado, mas na nova edição a colaboração foi mais intensa e por isso meu nome foi incluído na autoria. Frei Isidoro é um antigo aluno meu e, até hoje, um grande amigo. Nossas opiniões sobre o evangelho de Lucas convergem bastante. Em breve, publicaremos juntos, nos mesmos moldes, um comentário-paráfrase sobre os Atos dos Apóstolos, que são a continuação do Evangelho de Lucas”, explica padre Konings.

Segundo o jesuíta, o método da coleção Bíblia passo a passo, da qual a obra sobre Lucas faz parte, é o método do comentário-paráfrase. Os autores reescreveram o evangelho versículo por versículo, do mesmo modo como se encontra na Bíblia, mas usando palavras e frases mais acessíveis, acrescentando explicações necessárias para o leitor atual. “Muitas vezes interrompemos o comentário sequencial para incluir uma nota sobre algum assunto que extrapola o contexto imediato da frase”, conta padre Konings. Na obra, de 150 páginas, há também um vocabulário que explica alguns termos ou conceitos presentes no evangelho. “Queremos facilitar ao leitor a percepção de como o próprio Lucas vê a história que ele conta de Jesus. Não nos preocupamos em sistematizar o pensamento de Lucas como se ele fosse um professor de teologia. Queremos apenas esclarecer o que ele escreve”, diz.

“O livro ajuda as pessoas a lerem o Evangelho de Lucas”

Padre Johan Konings

A obra é voltada para grupos de leitura bíblica, mas também para aquelas pessoas que se interessam pela Bíblia. “A própria leitura é uma escola, por isso fizemos tudo para deixar o texto da Bíblia falar, acrescentando apenas umas explicações e tirando os mal-entendidos. O livro ajuda as pessoas a lerem o Evangelho de Lucas”, afirma.

“No tempo de Lucas as pessoas e comunidades não tinham dinheiro para comprar uma Bíblia inteira”, explica padre Konings. Segundo ele, só as Escrituras do Antigo Testamento estavam disponíveis, pois o Novo ainda estava sendo escrito. “Os evangelistas escreviam seu ‘memorial’ de Jesus organizado de tal modo que todas as coisas importantes para a fé estivessem dentro”, complementa. Assim, a Palavra era transmitida para os fiéis, semana após semana, na reunião dominical, como atualmente fazem na Liturgia da Palavra, a cada domingo. “Cada evangelho é um cursinho da fé. Claro, cada evangelista tem seus acentos próprios. No caso de Lucas esses acentos são principalmente a graça e a misericórdia de Deus e a atuação do Espírito de Deus, que agiu em Jesus e, desde então, continua agindo na igreja. Por isso, Lucas escreveu não apenas o evangelho, que descreve a obra de Jesus, mas também os Atos dos Apóstolos, que nos ensinam como o Espírito ajuda as comunidades a viver aquilo que Jesus lhes deixou”, conclui.

 

Adquira a obra pelo site da Edições Loyola (www.loyola.com.br).

 

Autores

Johan M. Herman Jozef Konings

Nascido na Bélgica, o padre Konings é doutor em Teologia pela Universidade Católica de Lovaina (Bélgica) com uma tese sobre a narrativa do Evangelho de João. Enviado ao Brasil, foi professor de Exegese Bíblica em Porto Alegre (RS) e no Rio de Janeiro (RJ). O jesuíta destaca alguns livros dos muitos que já publicou: A palavra se fez livro (Edições Loyola) e Ser cristão: fé e prática (Editora Vozes). “Eu também destaco uma introdução chamada A Bíblia, sua origem e sua leitura e um comentário sobre as leituras bíblicas dominicais dos anos A, B e C Liturgia Dominical: mistério de Cristo e formação dos fiéis, ambos foram publicados pela Editora Vozes”, conta.

 

Isidoro Mazzarolo

Natural de Veranópolis (RS), Isidoro cursou o Ensino Fundamental e Médio na própria cidade, depois estudou Filosofia na Universidade de Caxias do Sul/RS (1976) e concluiu o bacharelado em Teologia na PUC-RS (1980). Mestre em Exegese Bíblica pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma (1986), é doutor em Teologia Bíblica pela PUC-Rio (1992) e PhD em Exegese Bíblica pela École Biblique et Archéologique de Jerusalém (1996).

Atualmente, é professor na PUC-Rio, no ITF (Instituto Franciscano de Petrópolis/RJ), membro da ABIB (Associação Brasileira de Pesquisa Bíblica), colaborador científico de diversos periódicos nacionais de teologia e membro da Comissão do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), que elabora o processo do Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes), em Teologia.

 

Foto: FAJE