Pe. Inácio Spohr lança oitavo livro da coleção História das Casas


02-06-2016 - Pe. Inacio 2B

Em 2016, o padre Inácio Spohr está lançando o oitavo livro da coleção História das Casas, série que traz um relato cronológico e detalhado sobre a atuação da Companhia de Jesus, na região Sul do Brasil, ao longo dos últimos três séculos.

O jesuíta conta que a ideia de constituir a série surgiu em 2011, após o lançamento do livro Memória de 665 Jesuítas da Província do Brasil Meridional, de sua autoria. “O Arquivo Provincial de Porto Alegre (RS) está cheio de documentos manuscritos em alemão, latim e português, mas cuja letra não agrada a quem lida com computador ou celular. O único jeito era tornar isto acessível para o público, porque a história não se deve perder. Devemos ser gratos aos antepassados e socializar este material. Assim, fui elencando as crônicas, casa por casa, data por data”, diz.

Assim, padre Inácio realizou uma verdadeira viagem de imersão em meio aos mais diversos documentos históricos guardados no Arquivo Provincial de Porto Alegre (RS) e em casas paroquiais da região. O minucioso levantamento feito pelo sacerdote por meio de diários, correspondências, fotos, história domus (relatórios das casas), recortes de jornais e catálogos da Província, trouxe à tona um relato minucioso de paróquias, seminários e colégios pertencentes à Companhia de Jesus.

Com a coleção História das Casas é possível perceber a importância que os jesuítas tiveram junto às comunidades dos séculos XIX e XX. “Julgo importante resgatar esta História das Casas, para que jesuítas e leigos, interessados em história, saibam avaliar o que nossos antepassados nos legaram ao assumirem suas missões, nos diferentes setores da vida religiosa, educacional, missionária, social, política ou econômica no Sul do Brasil. Poucas pessoas se dão conta da pobreza, da falta de recursos, de transporte, de comunicação, entre outros, que havia naquele tempo”, conta padre Inácio. O jesuíta ainda ressalta que: “deve-se reconhecer que os missionários jesuítas tinham coração, alma, zelo apostólico, confiança em Deus, amor ao povo e prontidão para assumir os trabalhos. Se eles tiveram êxito na missão, em circunstâncias que nem sempre eram favoráveis, então, as novas gerações também o conseguirão, havendo disponibilidade e força para isso”.

“Julgo importante resgatar esta História das Casas, para que jesuítas e leigos, interessados em história, saibam avaliar o que nossos antepassados nos legaram ao assumirem suas missões”

Padre Inácio Spohr

Natural de Cerro Largo (RS), padre Inácio ressalta que os dois próximos tomos da série irão trazer narrativas de jesuítas em outras cidades do Rio Grande do Sul. Além disso, trará como destaque o município de Itapiranga, em Santa Catarina, um dos principais celeiros da Companhia de Jesus no país. “O próximo volume da coleção será sobre a paróquia de Dois Irmãos, no Rio Grande do Sul. Depois, queremos levar em frente as histórias que tratam sobre a paróquia de São José do Hortêncio, na região do Vale do Caí. Estas duas são as mais antigas que os jesuítas assumiram no estado”, explica.

Oito volumes

Lançada no ano de 2014, em meio às comemorações pelo bicentenário de restauração da Companhia de Jesus, a coleção atualmente conta um total de oito volumes, que descrevem fatos e curiosidades de obras situadas no estado do Rio Grande do Sul. Confira:

  • Paróquia São Pedro, em São Pedro da Serra
  • Colégio Santo Inácio, em Salvador do Sul
  • Paróquia Sagrada Família e Seminário São José, em Cerro Largo
  • Paróquia Santo Inácio, em Alto Feliz
  • Paróquia Cristo Redentor, em Tupandi
  • Paróquias Nossa Senhora da Piedade e São Luiz Gonzaga, em Novo Hamburgo
  • Colégio São José e Paróquia São José, em Pareci Novo

 

Serviço

A coleção História das Casas está à venda na Livraria Padre Reus. A aquisição dos exemplares pode ser realizada pelo site www.livrariareus.com.br

 

Fonte: ASAV