Alunos são escolhidos Embaixadores da Transformação

Iniciativa faz parte das ações da Campanha Inacianos pelo Haiti

Os alunos do Ensino Médio do Colégio Diocesano (foto) José Victor Silva Cruz, da 2ª série, e Maria Vitória Lima Waquim, da 1ª série, receberam a missão de ser ‘Embaixadores da Transformação’. A escolha dos representantes faz parte das ações da Campanha Inacianos pelo Haiti, na qual a Companhia de Jesus, por meio da FLACSI (Federação Latino Americana de Colégios da Companhia de Jesus), está engajada desde 2011.

Os embaixadores serão responsáveis por participar ativamente das atividades da campanha no colégio, recolhendo uma visão consensual de seus companheiros frente a desafios orientados pela Coordenação da Campanha. As opiniões recolhidas serão partilhadas nas ‘Mesas de Embaixadores’, encontros virtuais entre alunos de outras escolas e países da América Latina, que possibilitará uma reflexão conjunta para a elaboração de conteúdos em torno da campanha, tendo como base a diversidade de perspectivas dos alunos. O produto dos encontros entre alunos inacianos será a elaboração do documento ‘Declaração de Transformação na América’.

Segundo Lilia Cristiana Lopes de Carvalho, coordenadora do Serviço de Orientação Educacional do Colégio Diocesano, o objetivo da nomeação é gerar interação entre alunos de diversos colégios da Companhia de Jesus. “A proposta é trabalhar a transformação pessoal, para a construção de uma consciência continental no sentido de formar cidadãos conscientes, sensíveis e comprometidos”, explica.

Expectativas

Para os alunos escolhidos embaixadores, a expectativa é conseguir sensibilizar as pessoas por meio de uma linguagem jovem. José Victor se mostra animado com o início das atividades: “Pretendo tornar o projeto próximo de cada um, tentando despertar uma atitude solidária aos haitianos”. Maria Vitória fala de sua proximidade com o projeto e da satisfação em poder representá-lo:  “Sempre participei e fui apaixonada pelo projeto Inacianos pelo Haiti. Imagino que o melhor dessa experiência será partilhar ideias em prol da campanha com outros jovens”.

Os jovens embaixadores piauienses tão confiantes na missão de porta-vozes da solidariedade e do apoio ao povo haitiano:  “Acredito que independente da causa existente, nunca é demais estar a serviço do outro”, afirma José, que há 12 anos é aluno do Colégio Diocesano. “A paz está dentro de cada um, basta ser incentivada e posta em prática” afirma Vitória.

Fonte| Colégio Diocesano