Jesuíta participará de conferência do clima

Evento será realizado em Paris, no mês de dezembro

O padre jesuíta Josafá Carlos de Siqueira, reitor da PUC-Rio, participará da 21ª Conferência das Partes (COP-21), que será realizada em Paris (França), entre os dias 30 de novembro e 11 de dezembro. Na ocasião, o jesuíta ministrará uma palestra sobre a Encíclica do Papa Francisco, Laudato Si’ (Louvado Sejas).

O encontro busca alcançar um novo acordo internacional sobre o clima, aplicável a todos os países, com o objetivo de manter o aquecimento global abaixo dos 2°C. A palestra do padre Josafá será realizada no dia 10 de dezembro.

Compartilhar

Em 2015, padre Josafá ministrou 18 palestras sobre a Laudato Si’ em simpósios e associações. Em junho, após o anúncio do documento, o jesuíta reuniu-se com o Cardeal Arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani Tempesta para definir os pontos chaves da Encíclica, que aborda temas como Ecologia humana e O cuidado com a criação.

Na PUC-Rio, foram promovidas uma série de debates sobre o documento. A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, que participou de um dos encontros, ressaltou a importância do documento no tocante às questões socioambientais. Na ocasião, padre Josafá declarou que a Carta incentiva a reflexão filosófica, teológica e social. “Não se trata de um documento técnico, é um documento na linha da reflexão filosófica, teológica e social. É mensagem para católicos, pessoas de outras religiões, e também para os não crentes”, disse o reitor.

O jesuíta também ministrou palestras no Instituto de Estudos da Religião (ISER), no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, na Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC), no Centro Loyola de Goiânia e na Associação de Dirigentes Cristãos de Empresas do Rio Grande do Sul.

Recentemente, por ocasião do lançamento da Campanha da Fraternidade da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB 2016, na Arquidiocese do Rio de Janeiro, o reitor abordou a relação estreita entre o tema da Campanha, ‘Casa comum, nossa responsabilidade’, com a Laudato Si’.

Para ele, a Encíclica surge em um momento importante da história, quando as nações terão que assumir compromissos mais efetivos para enfrentar a crise ambiental em que vivemos. “A humanidade terá que resgatar alguns valores de sua relação com a Criação, como também ter a coragem de tomar as medidas necessárias e urgentes para evitar o aumento dos problemas socioambientais”, escreveu padre Josafá Carlos de Siqueira, na 292ª edição do Jornal da PUC.

Em 2016, o reitor da PUC-Rio dará prosseguimento a uma série de palestras sobre a Encíclica Laudato Si’. Estão programados encontros no Tribunal de Justiça e no Centro Dom Vital, no Rio de Janeiro (RJ), na Unilassale – Instituto dos Irmãos Lassalistas, em Niterói (RJ), e em Anchieta (ES).

 

 

Fonte| Assessoria de Comunicação Social – PUC-Rio