Alunos do Vieira têm encontro com o autor Tiago de Melo Andrade

Estudantes tiraram dúvidas sobre o livro A Lenda de Su

Os alunos do 6º ano do Ensino Fundamental do Colégio Antônio Vieira, em Salvador (BA), tiveram a oportunidade de conhecer Tiago de Melo Andrade, autor do livro A Lenda de Su, utilizado durante a primeira unidade deste ano. O encontro, realizado no auditório Mabel Velloso, no dia 4 de maio, foi bastante interativo e permitiu que os alunos perguntassem sobre aspectos relacionados à história e entendessem como funciona o processo criativo do escritor.

O autor destacou que esse contato é importante para desmistificar a profissão e fazer com que a criança enxergue que ela também é capaz de escrever e pensar nisso como uma carreira. “É importante que haja uma aproximação do hábito da leitura, trazendo as crianças para perto dos livros cotidianamente. Após esses eventos, é importante que eles frequentem mais as bibliotecas e livrarias, tomando a iniciativa para buscar as leituras que eles querem”, afirmou.

Para orientadora educacional do 6º ano do Ensino Fundamental, a professora Ivana Lopes, a possibilidade de poder dialogar com um autor de uma obra lida pelos alunos é algo que incentiva muito o processo de aprendizagem. “Esse contato estimula a criança a se tornar autora da sua própria história. Faz com que eles se aproximem e vejam que o escritor é alguém que não está distante da vida real, além de despertar o surgimento de novos futuros autores”, pontuou.

As alunas Alice Albuquerque e Talytha Vitória gostaram muito do livro A Lenda de Su e acharam o bate-papo com Tiago de Melo muito especial.  “O livro trouxe vários ensinamentos. Essa conversa com ele ajudou a despertar a nossa imaginação, além da ótima chance que tivemos de fazer perguntas sobre a história que ele criou”, ressaltou Talytha. Alice acrescentou:  “O contato foi muito legal porque ele falou sobre como a história foi imaginada e como foi feita a montagem do livro”.

Tiago salientou a ótima receptividade dos alunos do Colégio Antônio Vieira com o seu trabalho. “Eu gostei muito da abordagem que eles tiveram sobre o livro, com questionamentos bem interessantes. Esse é um momento de troca muito rico para o autor, a fim de saber como o livro repercutiu entre os leitores. A partir de conversas como essa, é possível perceber outros desdobramentos que você não espera. Eles trouxeram sacadas geniais”, finalizou.

 

Fonte| Colégio Antônio Vieira