Rede Jesuíta de Educação promove Grupo de Trabalho

Objetivo do GT é elaborar um Programa de Formação de Lideranças

Na foto (esq. p/dir.), Jorge Felipe Bastos (aluno do Diocesano), Bruna Pontes (aluna do Antônio Vieira), Ana Vitória França (ex-aluna do Santo Inácio/RJ), Juliana Lima (coordenadora de Formação Cristã do Santo Inácio/ RJ), Pe. Jonas Caprini, André Augusto (ex-aluno do Catarinense), Pe. Leonel Gomes (Assessor de Formação Cristã do Antônio Vieira) e Pedro Risaffi.

O Grupo de Trabalho de Formação de Lideranças da Rede Jesuíta de Educação se reuniu pela primeira vez, no Rio de Janeiro, entre os dias 12 e 13 de março. Participaram do encontro os educadores dos colégios que trabalham diretamente com a formação de liderança inaciana, alunos e ex-alunos.

O objetivo do GT é elaborar um Programa de Formação de Lideranças. “O trabalho do GT não é ampliar projetos que existiam nas antigas províncias a nível nacional, mas sim pensar e propor algo novo, considerando o perfil dos alunos atuais. O intuito é formarmos líderes servidores conscientes, competentes, compassivos e comprometidos com a missão de transformar a sociedade”, destacou padre Mário Sündermann, Delegado para Educação Básica.

O padre Jonas Caprini, Secretário para Juventude e Vocações e coordenador do programa MAGIS Brasil, também foi convidado para participar do GT. Segundo o jesuíta, esta aproximação entre a Rede Jesuíta de Educação e o programa MAGIS, que é destinado a jovens entre 17 e 32 anos, será um grande avanço na missão da Companhia de Jesus, pois oferecerá uma formação permanente. “Muitos alunos quando se formam no Ensino Médio, sentem que perderam seu porto seguro e retornam aos colégios buscando atividades sociais e espirituais para continuarem vivendo a espiritualidade inaciana. Criando essa conexão entre o programa de formação de liderança e o MAGIS Brasil, esse rito de passagem acontecerá de forma natural”, afirmou padre Jonas.

No Brasil, a formação de lideranças busca inspiração no programa realizado na Colômbia há 27 anos, o Curso-Taller de Formação Integral, que desenvolve atividades para os alunos ao longo de sua formação no colégio, culminando no Curso Taller Internacional Arrupe, do qual todos os alunos e ex-alunos membros do GT participaram recentemente. “A experiência que tive na Colômbia foi uma das oportunidades mais marcantes na minha vida. Lá, pude viver da maneira mais intensa possível, muito do que aprendi ao longo dos anos de Colégio Santo Inácio (RJ) e passei a enxergar o mundo com outros olhos. Fazer parte do GT é uma grande realização, pois poderei ajudar a trazer esse divisor de águas para a vida de mais pessoas”, afirmou a ex-aluna do Santo Inácio (RJ), Ana Vitória França.

O programa que está sendo desenvolvido e que, em seguida, será avaliado pelos diretores gerais, não irá substituir as atividades locais que cada colégio já desenvolve.  “O intuito é apontar diretrizes de acordo com o que tem sido proposto pela Companhia Jesus. A ideia é que os colégios repensem suas atividades e promovam experiências enriquecedoras no processo de formação de liderança cristã inaciana”, explicou Pedro Risaffi, Secretário Executivo da Rede Jesuíta de Educação. Além disso, o programa irá propor possibilidades formativas em nível de plataforma, nacional e internacional.

 

Fonte| Rede Jesuíta de Educação