Província da Espanha lança site de ação social

Objetivo é disponibilizar informações sobre a área

A província da Companhia de Jesus na Espanha lançou o site www.socialjesuitas.es, que reúne informações sobre o trabalho na área de Ação Social. No país, os jesuítas contam com 20 entidades, nas quais trabalham 2.500 colaboradores, cerca de 80% deles são voluntários. Os beneficiários dos serviços superam um milhão de pessoas.

Na Espanha, as prioridades da área de Ação Social da Companhia de Jesus são as migrações, as crianças e jovens em risco social e a cooperação internacional para o desenvolvimento. Quatro equipes de trabalho formam a estrutura de ação da área: Ecologia, Formação, Incidência e Sustentabilidade Institucional.

A área das migrações, no país ibérico, é gerida pelo Serviço Jesuíta aos Migrantes – Espanha (SJM-E), uma rede de entidades dedicadas ao acompanhamento, serviço e defesa das pessoas migrantes, que conta com centros nas cidades de Alicante, Barcelona, Bilbao, Burgos, Madri, Sevilha, Valladolid e Valência, entre outras cidades. Os esforços não se concentram só na atenção direta, mas também no desafio da imigração: interculturalidade, inter-religiosidade e integração. Há um amplo trabalho de reflexão, estudo, publicações e incidência pública.

O segmento de menores inclui instituições como obras de educação no lazer e no apoio ao estudo, vinculadas a paróquias, instituições de acolhimento e centros escolares, que se tornam alternativas para os menores que estão fora do sistema escolar comum. Além disso, há programas de acompanhamento de famílias em risco de exclusão e de inserção laboral (incluindo dois projetos de empresas de inserção).

Já a área da cooperação para o desenvolvimento abrange a solidariedade internacional e a promoção do desenvolvimento humano integral das pessoas e populações desfavorecidas dos países do hemisfério sul. O setor coordena as ações de cooperação internacional, a sensibilização social e a educação para a solidariedade, assim como a promoção do voluntariado nacional e internacional. Esse trabalho é realizado por meio de duas grandes ONGs dos jesuítas, Alboan e Entreculturas, além de colaborar com ONGs afins, como a Intermón Oxfam.

Os jesuítas também mantêm presença pontual em outros campos sociais como os presídios, os movimentos sociais, pessoas sem moradia, dentro outros. Toda esta iniciativa se articula em rede com outras obras jesuítas e com outros movimentos, plataformas e redes sociais.

 

Fonte | www.zenit.org/pt